O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Novos dados do NPD Group revelam disparada do iOS e queda brusca do Android em outubro/novembro de 2011

NPD Group sobre smartphones

Respondam rápido: o que aconteceu de muito significante no mundo mobile em outubro de 2011? Sim, meus caros: a chegada do iPhone 4S — ainda que em poucos países, inicialmente.

Publicidade

Pois vejam o que mostra um novo gráfico do NPD Group, focado nos Estados Unidos:

NPD Group sobre smartphones

De outubro para novembro do ano passado, o iOS teve uma disparada incrível, pulando de 26% para 43%, enquanto o Android despencou de 60% para 47%. O sistema operacional móvel da Apple também roubou um pouco de mercado da Research In Motion (BlackBerry), a qual manteve a sua queda constante dos últimos trimestres — agora com apenas 6% do total.

Publicidade

Pensem bem: a Apple quase conseguiu equiparar as vendas de um único aparelho (ok, três — se você contar os modelos 3GS, 4 e 4S separadamente) com as de uma série de fabricantes que licenciam um mesmo sistema operacional — o do Google. E isso tudo provavelmente enfrentando problemas de demanda e tendo que se planejar para conseguir realizar uma expansão internacional super-rápida, como de fato conseguiu.

E sim, o iPhone 4S, o iPhone 4 e o iPhone 3GS (nesta ordem) foram os três aparelhos mais vendidos nos EUA, num ranking compilado pelo NPD — superando o Samsung Galaxy S 4G, o Samsung Galaxy S II, o HTC Inspire 4G, o Motorola DROID Bionic, o HTC Evo 4G, o Samsung Epic 4G e o LG Revere. É isso mesmo: o 3GS, com mais de dois anos de vida, ficou na frente dos modelos de última geração das concorrentes “mais ferozes” da Maçã. Hehe.

Agora eu fiquei muito, mas muito curioso pra saber o que aconteceu até dezembro. 😉

[via TechCrunch]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Wild Baloons Free

↪ Jogo Wild Balloons, da Distecno Mobile, ganha versão gratuita na App Store

Próximo Artigo
Logo cinza da Apple

↪ Apple publica seu relatório anual de 2011, destinado à Securities and Exchange Commission dos Estados Unidos [atualizado 2x]

Posts Relacionados