O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Bug do iMessage coloca empregado da Apple em saia justa

Ícone - iMessage

Senta que lá vem história, e essa envolve um iPhone, um bug e um empregado da Maçã. O filho de uma amiga de Sam Biddle, editor do Gizmodo, teve problemas com seu iPhone 4. A mãe deixou a criança na escola e passou em uma Apple Retail Store para reparar o problema. O staff da loja resolveu, não fosse por um detalhe: o aparelho, de alguma forma, ficou atrelado ao ID da Apple de uma pessoa chamada pelos amigos de Wiz. Mesmo depois de várias restaurações, as mensagens para Wiz continuavam pipocando no iPhone 4 da criança.

Publicidade

iMessage rodando em iPhones 4S

Já falamos desse problema com iMessages no final do ano passado, e o quão perigoso ele pode ser se o aparelho cair em mãos erradas. Só que, dessa vez, felizmente, aconteceu com “pessoas do bem” — não tão do bem assim, já que espalharam as mensagens internet afora, enfim…

O problema é que a coisa se transformou praticamente em uma “escuta não solicitada”, e toda a vida de Wiz rapidamente ficou ali, disponível para quem tivesse acesso ao telefone. E, quando digo vida, falo de tudo mesmo: trabalho, vida sexual, endereço, perfil no Facebook, local da academia, entre outras coisas. E o pior: Wiz não teria como desconfiar de nada. Tudo isso aconteceu *só* porque Wiz colocou seu Micro-SIM no aparelho em questão enquanto fazia o reparo — uma ironia e tanto, não? Um bug da Apple, prejudicando um funcionário da empresa…

Bem, torçamos para que a Apple esteja por dentro do bug envolvendo o iMessage e que corrija isso o mais rápido possível — quem sabe com a liberação do iOS 5.1, que deve ocorrer em breve. Enquanto isso, muito cuidado com o serviço de mensagens da Maçã. E que a criança em questão não tenha lido nada — já que o conteúdo definitivamente não era apropriado para ela.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Logo da Apple sobre bandeira do Brasil

Novas vagas de emprego indicam forte interesse da Apple de expandir sua participação no varejo brasileiro

Próximo Artigo

↪ As duas facetas de Steve Jobs, exemplificadas por Adam Lashinsky

Posts Relacionados