O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Apple responde acusações sobre suposto cartel em ebooks

Mãos segurando iPad com iBooks aberto

Ontem mesmo falamos que o Departamento de Justiça dos Estados Unidos (DoJ) está ameaçando processar a Apple (e editoras) por um suposto cartel em ebooks. Agora, de acordo com o paidContent.org, documentos de uma ação coletiva contra Apple indicam o caminho de defesa escolhido pelos advogados da empresa.

Publicidade

Mãos segurando iPad com iBooks aberto

Neles, a Apple se concentrou em dar duas respostas. Em uma delas, disse que não pode ser responsabilizada por isso, já que as editoras é quem escolhem os preços dos livros (a Maçã é apenas a plataforma, a disponibilizadora do conteúdo). Com isso, ela dá a entender que os preços dos ebooks na Amazon.com estavam abaixo da média, e que o próprio mercado tratou de “restaurar o equilíbrio”.

Ainda falando sobre a concorrência com a Amazon, a Apple questionou as acusações, dizendo ainda que o aplicativo do Kindle está disponível na App Store. Além disso, não consegue enxergar como o aumento dos preços prejudicaria a Amazon, já que ela provavelmente está lucrando mais com as vendas.

Publicidade

Independentemente disso, a grande ameaça da Apple parece vir dos próprios editores. Rumores dão conta de que alguns deles estão conversando diretamente com o governo, tentando um desfecho brando em troca de provas da conspiração. Caso isso seja verdade, a coisa vai ficar feia para a Apple.

[via Gizmodo]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Mão tocando no novo iPad

Firma estima que custos de produção do novo iPad poderão reduzir as margens da Apple

Próximo Artigo
Ícone/logo - Thunderbolt

↪ Intel aumentará a velocidade do Thunderbolt com o suporte a PCI-Express 3.0

Posts Relacionados