O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Firma estima que custos de produção do novo iPad poderão reduzir as margens da Apple

Mão tocando no novo iPad

É claro que uma previsão mais certeira só será possível quando uma unidade do novo iPad de fato cair nas mãos de empresas como a UBM TechInsights, mas esta já tratou de publicar hoje estimativas de quanto a produção da nova tablet está representando para a Apple.

Publicidade

Mão tocando no novo iPad

Ao que tudo indica, o iPad com Wi-Fi + 4G de 16GB custa algo em torno de US$310 para a Apple — US$70 da sua tela Retina, US$30 da bateria, US$28 do chip A5X e US$21 do chipset LTE. O resto, é claro, fica todo dividido entre os outros componentes que formam o produto.

Considerando o preço de US$630 para o consumidor final, isso nos dá uma margem de 51% (sem levar em conta outros custos não materiais, é claro, como mão-de-obra, transporte, marketing, etc.) — um pouco abaixo dos 56% calculados na época do lançamento do iPad 2.

Publicidade

No final das contas, porém, vale observar que mesmo com o aparelho em mãos firmas como a UBM não têm como determinar exatamente esses custos, até porque a Apple deve ter acordos especiais para compras de volume elevado com diferentes fornecedoras.

[via EE Times]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Novos prazos de entrega de iPads

↪ Estoques iniciais do novo iPad já acabaram na Apple Online Store americana

Próximo Artigo
Mãos segurando iPad com iBooks aberto

Apple responde acusações sobre suposto cartel em ebooks

Posts Relacionados