Veja um comparativo entre os processadores A5X (da Apple) e Tegra 3 (da NVIDIA)

Gráfico - Benchmark do novo iPad (A5X) vs. Transformer Prime (Tegra 3)

Durante a apresentação do novo iPad, a Apple desafiou a NVIDIA, afirmando que seu processador A5X (com gráficos quad-core) é quatro vezes mais rápido que o Tegra 3, chip que equipa algumas tablets da concorrência, como a Transformer Prime, da ASUS.

Publicidade

A NVIDIA não gostou disso e afirmou que, assim que o gadget da Maçã chegasse ao mercado, eles iriam realizar alguns testes para ver se as informações batem. Todavia, a LAPTOP Magazine se antecipou e já realizou alguns testes, comparando o novo iPad à tablet da ASUS supracitada.

Utilizando o GLBenchmark 2.1, uma ferramenta de benchmark disponível em ambas as plataformas (iOS e Android), a tablet da Apple teve um desempenho melhor. No teste realizado — no qual animações 3D eram mostradas —, o A5X processou 6.718 quadros em uma taxa de 60 frames por segundo, enquanto que os números para o Tegra 3 foram respectivamente de 5.939 e 53.

Gráfico - Benchmark do novo iPad (A5X) vs. Transformer Prime (Tegra 3)

No teste geométrico (vértice ponderado), o novo iPad também se saiu bem, processado 7.530.524 quadros em uma taxa de 57fps, enquanto o Tegra 3 processou 3.523.926 em 27fps. No teste de preenchimento, que mede a velocidade de texturização, o iPad foi melhor de novo: ​​1,9 bilhão por segundo contra 404,6 milhões do Transformer Prime.

Gráfico - Benchmark do novo iPad (A5X) vs. Transformer Prime (Tegra 3)

A história muda quando o Geekbench — benchmark multiplataforma que mede o poder de processamento em vez de gráficos — entra em cena. O Tegra 3 (quad-core) fez bonito e marcou 1.571 pontos contra 692 do A5X (dual-core). Em números inteiros: 1.391 para o Tegra 3 e 614 para o A5X; pontos flutuantes: 2.408 vs. 825; subteste de memória: 1.076 vs. 784; subteste stream 266 para o Tegra 3 e 324 para o A5X. Ou seja, quando saímos do quesito gráfico e analisamos o processamento, o Tegra 3 performa melhor que o chip da Apple.

Gráfico - Benchmark do novo iPad (A5X) vs. Transformer Prime (Tegra 3)

Navegação também foi um dos fatores testados em dois diferentes benchmarks. O teste Peacekeeper mostrou uma pontuação muito próxima, com o iPad atingindo 386 pontos e o Transformer Prime 387. Já no teste SunSpider (renderização de JavaScript), o iPad foi melhor: 1,8 milésimo de segundo contra 2,2 milésimos da tablet da ASUS — lembrando que os navegadores são diferentes, o que pode influenciar no resultado.

Publicidade

Eles também fizeram testes em jogos, pegando o mesmo game disponível em ambas as plataformas e rodando um ao lado do outro. Aqui o teste é bem subjetivo, justamente pela metodologia utilizada.

Publicidade

Enquanto o novo iPad mostrou gráficos mais coloridos e nítidos, o Transformer Prime apresentou alguns elementos visuais não encontrados na tablet da Apple. O problema é que, do lado do novo iPad, as diferenças percebidas são mais “culpa” da tela Retina do que do processador em si. Já do lado do Transformer Prime, os desenvolvedores podem ter adicionado características para versão do Android que não existem (ainda?) na versão do iOS. Resumindo: como falei, o teste é muito subjetivo e não temos como afirmar que tal qualidade é inerente ao processador ou coisa parecida.

No geral, o A5X venceu em alguns testes, e o Tegra 3, em outros. Resta saber exatamente qual foi o utilizado pela Apple — provavelmente o GLBenchmark 2.1 ou um similar —, o qual resultou em uma performance quatro vezes superior.

[via The Verge]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…