O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

asymco: Google fatura quase cinco vezes mais com iGadgets do que com aparelhos Android

Logo asymco (miniatura)

Na semana passada, ao falar de uma reportagem da Bloomberg sobre a guerra entre a Apple e o Android, levantamos uma discussão a respeito do retorno financeiro gerado pelo Android e pelo iOS, para o Google — baseado em em informações encontradas em uma disputa judicial entre a gigante de buscas e a Oracle.

Publicidade

Horace Dediu resolveu analisar esses números em um estudo aprofundado, no qual ele tentou dividir o faturamento de US$544 milhões entre os quatro anos de existência do Android. Dessa forma, chegamos a um retorno financeiro de US$1,70 por aparelho — a meta do Google é lucrar US$10 com cada um deles, o que totalizaria US$3 bilhões em faturamento anual.

Até o momento, a empresa faturou US$2,5 bilhões no mercado móvel, e já declarou que o iOS representa dois terços desse número. Levando em conta todas essas informações, Dediu criou o gráfico abaixo:

Gráfico - Faturamento do Google com o iOS e com o Android

Como podemos ver, o faturamento do Google com aparelhos móveis vem crescendo ao longo dos anos. Contudo, o aumento é proveniente de dispositivos rodando iOS, e não Android — que, na verdade, vem caindo. Mesmo pagando para estar presente dentro do iPhone — os termos do contrato não são conhecidos, então, Dediu estipulou algo em torno de US$2 por aparelho —, o lucro com iGadgets é de US$8,33 (por aparelho), enquanto com devices equipados com Android é de US$1,70.

Publicidade

Obviamente o Google não visa apenas receitas com o Android, já que o sistema ajuda a posicionar a empresa na era pós-PC, apresenta ao usuário outros serviços da companhia e desenvolve até mesmo novos negócios para a firma de Mountain View. Além disso, se o Android não existisse, o Google estaria totalmente entregue à Apple no mercado de publicidade móvel.

A conclusão financeira de Dediu é que o Android é sustentável, mas deixa a desejar. Hoje o Google lucra US$1,70 por aparelho — lembrando que sua meta é de US$10. Comparativamente, a Apple lucrou US$576,3 para cada iGadget vendido em 2011 (incluindo acessórios e licenciamentos, porém, excluindo o ecossistema iTunes/App Store e iBookstore).

Publicidade

Com certeza existem variáveis as quais não foram levadas em consideração, e que podem alterar o cenário para mais ou para menos, mas a verdade é que o resultado não deve ser muito diferente do encontrado por Dediu. Não sei você, mas minha cabeça explodiu com essa comparação. :-/

[via Fortune Tech]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
iPhones e iPods touch - Educação

Pesquisa: 34% dos adolescentes americanos possuem iPhone

Próximo Artigo
Ícone - MagicReader

Com o MagicReader, usuários podem ler livros sem precisar encostar na tela do iPad

Posts Relacionados