O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Symantec estima que criadores do Flashback poderiam ter faturado US$14 mil com o malware

Infográfico - malware Flashback

Atualizando dados divulgados no comecinho deste mês, a Symantec publicou ontem um artigo estimando que os crackers responsáveis pelo cavalo de Troia Flashback, o qual infectou mais de 600 mil usuários de Macs em todo o mundo, poderiam ter faturado cerca de US$14 mil com ele durante três semanas — mas muito dificilmente verão a cor desse dinheiro.

Publicidade

Ocorrem duas questões: 1. ao que tudo indica, os sistemas de rastreamento e redirecionamento de cliques de publicidade só foram instalados em menos de 2% dos usuários infectados, isto é, cerca de 10.000 computadores; e 2. eles podem até ter “faturado” US$14 mil (graças a estimados 400 mil cliques), mas medidas de verificação de fraude e a impossibilidade de encaminharem dados verídicos para pagamento dessas comissões irão impedir que os criminosos — ainda não-identificados — recebam tal quantia.

Se um pouco mais de inteligência/planejamento tivessem sido usados no método de redirecionamento de cliques e na forma como essas comissões seriam recebidas pelos crackers, e imaginando que eles não fossem descobertos, a prática poderia lhes gerar milhões de dólares anuais. Não é à toa que a coisa perdurou por tanto tempo.

Aos que curtem infográficos, a Intego criou um focado no tema:

Infográfico - malware Flashback

[via Ars Technica]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Ícone - The Weather Channel

↪ The Weather Channel ganha grande atualização em seu app para iPhones/iPods touch

Próximo Artigo
Sparrow 1.6 para Mac

Sparrow 1.6 para Mac aterrissa com suporte a POP

Posts Relacionados