O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Microsoft aproveita a E3 para anunciar seus comandos de voz e interatividade com TVs

A E3 (Electronic Entertainment Expo) é o maior evento anual sobre jogos eletrônicos e a edição deste ano começou ontem, dia 4. De cara, a Microsoft já apresentou duas novidades no Xbox: controle por voz e o chamado SmartGlass.

Publicidade

O reconhecimento de voz no Xbox 360 se dará por meio do Kinect, e a coisa já começa estranha por aí. Digo isso porque, teoricamente, qualquer headset genérico faria o serviço, mas nem vou prolongar essa reclamação.

Junto à chegada de mais fontes de entretenimento na Xbox LIVE — Netflix, Hulu, ESPN… —, os comandos são os mais simples:

Publicidade

Xbox, filmes. Xbox, diga-o-nome-de-um-filme. Xbox, voltar ao início.

Complementando a brincadeira, o novo projeto ganhou o nome de SmartGlass, com a ideia de integrar o console com tablets e smartphones. Na demonstração, enquanto um filme é transmitido na televisão, o aplicativo do “Vidro Esperto” mostra informações adicionais, controla a reprodução do vídeo e coisas do tipo.

SiriÉ estranho. Não vejo como pronunciar “Xbox, filmes” possa ser mais fácil ou atrativo que simplesmente apertar um botão pra direita no controle. E nem é uma questão de ser contra comando de voz, mas, depois de ver a interação “humanizada” da Siri, não tem como não ver tudo isso como superficial demais pra ser *a* novidade.

Pode até ser uma boa para a questão de acessibilidade, ou então quando o usuário se perde na interface Metro e pede “Por favor, Xbox, volte para o menu”, porém há decadas a gente vê em filmes os caras dando ordens a carros e acendendo a luz da casa com um “lights on” em voz alta. Na prática, nada disso acontece no nosso cotidiano.

Publicidade

O mais próximo que a nossa tecnologia chegou é a própria Siri, e ainda assim falta um bom caminho até o sonho da Jarvis no comando de Tony Stark.

“Xbox, o que recomenda para eu jogar hoje?”

“Baseado no tempo atual de sua região, Heavy Rain. Oh wait…

Hehehe! ;-P

Quanto ao SmartGlass, “superficial” também é a palavra que vou usar. A integração do Xbox com uma tablet não poderia ser mais básica e óbvia, e não é porque os dois têm essa funcionalidade que vou usá-la no dia-a-dia.

Publicidade

Nota importante: deixo claro que, apesar de todas as críticas que tenho para a Microsoft, aqui em casa tenho um Xbox 360 e adoro o bichinho com todo carinho. É um produto ótimo e espero que continue assim na sua próxima geração, sem virar um media center.

Duvido que alguém conseguiu assistir ao evento sem pensar nos rumores sobre a iTV e como a Apple resolveria a questão de integrar seus aparelhos e sistemas. Siri, AirPlay e Apple TV já deixam essa ideia da Microsoft um tanto antiquada para chamar de “o futuro do entretenimento”, não acham? Eu acho.

O mais bizarro de tudo isso é que a MS focou tanto em entretenimento (filmes, séries, músicas…) que nem deu atenção pra uma parte bem relevante no Xbox: jogos. O SmartGlass, que também funcionará no iOS, tem integração com jogos mostrando mapas interativos e coisas assim — que, por sinal, o próprio app oficial da Xbox LIVE já poderia fazer —, mas a apresentação deixou claro que eles estão apostando no consumo de entretenimento por agora.

Veja bem: não é que a ideia seja ruim. Há uns dois ou três anos, sim, ela seria fantástica.

Pra terminar, a Microsoft também anunciou a chegada do Internet Explorer no Xbox. Oh, não!

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Ícone do Firefox cortado

Mozilla lança Firefox 13, com novo layout para abas em branco e suporte ao protocolo SPDY

Próximo Artigo
Ícone - Found

Found combina buscas do que você tem no seu Mac com o que está na nuvem

Posts Relacionados