Flurry analisa por que desenvolvedores continuam investindo mais no iOS do que no Android

Flurry - desenvolvedores

A Flurry Analytics tomou um fato de conhecimento geral e resolveu analisá-lo a fim de entender mais sobre ele: por que desenvolvedores continuam investindo mais no iOS do que no Android?

Publicidade

Primeiro, um pouco de proporcionalidade:

Flurry - desenvolvedores

Apesar de um aparente ganho da plataforma móvel do Google no primeiro trimestre deste ano, a Flurry aponta essa mudança como um fator sazonal e destaca que, ainda assim, 7 em cada 10 projetos mobile continuam sendo focados no iOS.

Publicidade

Uma das vantagens da Apple é mostrada no gráfico a seguir:

Flurry - desenvolvedores

Desenvolvedores que trabalham no iOS basicamente criam apps que rodam em duas plataformas diferentes, mesmo sem interfaces otimizadas — afinal, todo app de iPhone/iPod touch pode rodar em iPads, num modo de compatibilidade. Só isso já é um grande atrativo, visto que o iPad domina o mercado de tablets.

Publicidade

A outra coisa é isto aqui, importantíssima:

Flurry - desenvolvedores

Para cada US$1,00 gerado por desenvolvedores de iOS, quem trabalha para o Android ganha apenas US$0,24. Ou seja, o seu trabalho no mundo mobile da Apple é muito mais bem recompensado, financeiramente.

Publicidade

A Flurry ainda dedica um pedaço da sua análise para falar de um dos pontos mais negativos do sistema operacional móvel do Google: a fragmentação. São zilhões de fabricantes e aparelhos diferentes, com características e formatos próprios, o que contribui para a grande maioria dos usuários do Android ainda estarem usando, hoje, versões do sistema de três ou quatro gerações atrás.

Olhando a coisa dessa forma, fica fácil chegar a uma resposta plausível para a pergunta que fizemos no primeiro parágrafo. Só Eric Schmidt que não enxerga isso.

Posts relacionados

Comentários