O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

No quesito ambiental, futuro campus da Apple recebe luz verde de Jerry Brown, governador da Califórnia

Jerry Brown

Boa notícia para a Apple. Conforme informou o SiliconValley.com, Jerry Brown, governador da Califórnia, anunciou na sexta-feira passada (30/6) que o projeto do novo campus da Apple foi aprovado e receberá um “tratamento acelerado” no que diz respeito a assuntos ambientais.

Publicidade

Jerry Brown

“O moderno campus da Apple traz pelo menos US$100 milhões em investimentos para a Califórnia e não gera emissões de gases de efeito estufa adicionais”, disse Brown através de um comunicado. O político listou ainda dois requisitos os quais qualificaram a companhia para receber o benefício: as células de combustível no local e os 650.000 metros quadrados de painéis solares que vão fornecer energia limpa e renovável para mais de 12.000 empregados.

É claro que isso não quer dizer que a Maçã começará as obras pra amanhã, já que muita coisa ainda precisa ser aprovada, revisada, decidida, etc. Mas, pelo menos no quesito ambiental, parece que a Apple não precisa mais se preocupar.

Publicidade

No ano passado, Brown assinou uma lei para acelerar a revisão judicial de determinados projetos, com o objetivo de melhorar o mercado de trabalho local. A legislação ajuda empresas (neste caso, a Apple) a colocar os planos em prática mais rapidamente, já que qualquer problema do projeto (relacionado a impacto ambiental) é acelerado através do sistema judicial.

Projeto do novo campus da Apple, em Cupertino

Nós já comentamos, mas não custa relembrar: o novo campus terá um total de ~260.000m², com espaço para 13.000 empregados, um grande estacionamento para o auditório corporativo (com espaço para 1.000 pessoas), percursos para jogging, um fitness center com 4.180 metros quadrados, café, restaurante, um centro para pesquisas com mais de 27.800m², entre outras instalações. O teto do prédio será todo construído com painéis solares, sendo provavelmente a maior instalação solar empresarial dos Estados Unidos e uma das maiores do mundo.

Recentemente, a empresa enviou folders com esclarecimentos sobre seu novo campus para moradores de Cupertino. Se tudo sair como planejado, a obra terminará em 2015.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Bandeira da Itália

↪ Apple poderá receber nova multa na Itália por não oferecer garantia de dois anos

Próximo Artigo
iPhone 4S vs. Samsung Galaxy Nexus

Samsung apela da decisão que proíbe o Galaxy Nexus nos Estados Unidos; juíza nega pedidos da empresa para julgamento

Posts Relacionados