Entenda a confusão envolvendo a garantia de produtos Apple na Itália

Caixa do AppleCare

Hoje mais cedo informamos que a Apple não concordou com a declaração da AGCM (Autorità Garante della Concorrenza e del Mercato) — o órgão alegou que a Apple não oferece aos clientes italianos uma garantia de dois anos, como exige a lei. Além de não ter concordado, a empresa afirmou que apelou da decisão do tribunal italiano, que a multou em 900 mil euros. Segundo a Maçã, a decisão foi baseada em um interpretação incorreta da lei.

Publicidade

Caixa do AppleCare

Em seu site italiano, a companhia explicou que oferece uma garantia de dois anos mais uma garantia de um ano adicional, gratuita, a qual cobre possíveis defeitos decorrentes da entrega do produto. Para estender este último, a Apple oferece aos clientes a possibilidade de comprar o seu Plano de Proteção AppleCare válido por dois ou três anos, dependendo do produto.

Contudo, a AGCM acredita que a informação oferecida pela Apple é insuficiente, adotando práticas comerciais desleais no país — as informações incentivam as pessoas a comprar o serviço de plano de proteção adicional, não explicando claramente que a empresa é obrigada a oferecer uma garantia de dois anos livre. Ainda de acordo com o órgão, o comportamento da empresa poderá levar ao encerramento de suas operações na Itália por até 30 dias.

[via MacNN]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…