Toshiba é condenada por cartel em LCDs; outras fornecedoras da Apple entram em acordos

Logo da Toshiba (miniatura)

Em 2008 e 2009 falamos que algumas fornecedoras de LCDs da Apple admitiram formação de cartel, ou seja, fixação de preços [1, 2].

Publicidade

Logo da Toshiba

Segundo o Electronista, depois de dois dias de deliberação, o júri californiano declarou a Toshiba culpada, apesar de a empresa ter alegado que não fez nada de errado. A japonesa terá que pagar US$87 milhões em danos, sendo US$17 milhões para empresas e US$70 milhões para consumidores. Só que, sob a lei antitruste, os danos poderão triplicar — chegando a US$261 milhões.

Obviamente a empresa não ficou feliz com o desfecho: “A Toshiba planeja perseguir todos os caminhos legais disponíveis para corrigir essa apreciação. A Toshiba sempre manteve que não havia nenhuma atividade ilegal de sua parte no negócio de LCD nos Estados Unidos”, disse Julius Christensen, porta-voz da empresa.

Em dezembro passado, Sharp e Samsung Electronics fizeram acordos no valor de US$927 milhões. Já a AU Optronics chegou a um acordo em março, desembolsando US$1 bilhão; a LG Displays seguiu o mesmo caminho em maio, contudo o valor não foi revelado.

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…