Acusadas de cartel em LCDs chegam a acordo e total ultrapassa US$1 bilhão

Preço em destaque

Recentemente comentamos alguns acordos envolvendo fabricantes de LCDs as quais foram acusadas (e condenadas) por fixação de preço. Contudo, os valores informados na ocacisão estão bem discrepantes dos divulgados hoje pela Reuters e pelo WSJ.com.

Publicidade

Preço em destaque

De acordo com os veículos, a Samsung acordou em pagar US$240 milhões, enquanto a AU Optronics vai desembolsar US$170 milhões. Já a Toshiba pagará US$21 milhões e a LG Display, a bagatela de US$380 milhões.

Se juntarmos estes valores aos processos já terminados envolvendo Chimei (US$110,3 milhões), Chunghwa Picture Tubes, Epson, HannStar Display, Hitachi e Sharp (US$115 milhões), a quantia ultrapassa US$1 bilhão, sendo a maior ação coletiva de consumidores envolvendo fixação de preços já vista.

[via Macworld]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…