O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Apple reconhece erro e volta a utilizar a classificação ambiental EPEAT

Macs verdes

Depois de abandonar a classificacão ambiental EPEAT para seus computadores, a Apple viu muita gente questionar sua atitude. Não foi à toa que a porta-voz da empresa, Kristin Huguet, veio a público comentar o assunto três dias depois da notícia.

Publicidade

Hoje, através de uma carta na página “Apple e o Meio Ambiente” (“Apple and the Environment”), Bob Mansfield, vice-presidente sênior de engenharia de hardware — que se aposentará em breve, por sinal —, escreveu uma carta aberta sobre o assunto.

Macs verdes

Abaixo, nossa tradução livre:

Publicidade

Recentemente, temos ouvido de muitos clientes fiéis da Apple um desapontamento ao saber que tínhamos removido a classificação EPEAT de nossos produtos. Eu reconheço que isso foi um erro. A partir de hoje, todos os produtos elegíveis da Apple estão novamente [na classificação] EPEAT.

É importante saber que o nosso compromisso de proteger o meio ambiente nunca mudou, e hoje é tão forte quanto nunca. A Apple faz os produtos mais ambientalmente responsáveis ​​em nossa indústria. Na verdade, nossas equipes de engenharia têm trabalhado arduamente ao longo dos anos para tornar nossos produtos ainda mais amigáveis ao ambiente, e muito do nosso progresso veio em áreas ainda não medidas pelo EPEAT.

Por exemplo, a Apple liderou a indústria na eliminação de toxinas nocivas, como retardadores de chama bromados (BFR) e cloreto de polivinil (PVC). Somos a única empresa a comunicar de forma abrangente as emissões de gases de efeito estufa de todos os produtos que fazemos, levando em conta o ciclo de vida do produto inteiro. E nós removemos plásticos sempre que possível, em favor de materiais que são mais recicláveis, duráveis, eficientes e duradouros.

Talvez, mais importante, nós fazemos os computadores mais eficientes em energia do mundo, e nossa linha de produtos ultrapassa o rigoroso padrão do governo Energy Star 5.2. Ninguém mais na nossa indústria pode fazer essa reivindicação.

Achamos que o padrão IEEE 1680.1 pode ser algo muito mais forte para proteger o meio ambiente se fosse atualizado para incluir avanços como estes. Este padrão, no qual o sistema de classificação EPEAT baseia-se, é uma medição importante para a nossa indústria e seus produtos.

Como resultado dessa experiência, nosso relacionamento com a EPEAT se tornou mais forte, e estamos ansiosos para trabalhar com a EPEAT enquanto seu sistema de classificação e o padrão IEEE 1680.1 evoluem. Nossa equipe na Apple é dedicada a projetar produtos que todos possam se orgulhar de possuir e usar.

Bob

Resumindo: para a Apple, a classificação não está acompanhando o rápido progresso de seus produtos, e por isso ela achou melhor abandoná-la de vez. Mas devido ao clamor, a Maçã voltou atrás e está conversando com a EPEAT para que o sistema de classificação seja revisto.

Enquanto isso, os Macs estão lá, devidamente classificados, prontinhos para serem comprados pelos órgãos governamentais que devem ter ficado tristes com a notícia de que não poderiam mais adquirir Macintoshes. No final, dinheiro sempre fala mais alto 😛

[via TNW]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Data center da Apple em Maiden, na Carolina do Norte

↪ Dica de leitura: como a cidade de Maiden (Carolina do Norte) quase perdeu o contrato para o data center da Apple

Próximo Artigo
Novo iPad na Claro

Claro finalmente também passa a vender o iPad de terceira geração no Brasil [atualizado]

Posts Relacionados