O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Apesar de pressão, Departamento de Justiça dos EUA não desistirá do processo contra Apple

Departamento de Justiça (DoJ) dos Estados Unidos

Em abril, o Departamento de Justiça dos Estados Unidos (Department of Justice, ou DoJ) processou a Apple e as cinco maiores editoras do país acusando-as de cartel em ebooks. Desse bolo, três editoras correram e fizeram acordos (Hachette Book Group, HarperCollins Publishers e Simon & Schuster), enquanto Apple e duas outras (Macmillan e Penguin Group) bateram o pé resolveram brigar.

Publicidade

Apesar de os preços de ebooks realmente terem subido com a chegada da Apple (iBookstore) ao mercado e de informações apontarem mesmo para uma fixação de preços, muita gente — ao todo mais de 850 pessoas, incluindo o senador americano Charles Schumer — estão do lado da Maçã, dizendo que, se o processo continuar e ela perder, o mercado como um todo será prejudicado, já que a Amazon voltaria reinar sozinha.

Mas os apelos não mudaram a opinião do DoJ. Através de um documento [acima], o orgão governamental disse que não modificará nenhuma parte da proposta de acordo, alegando ainda que não foi a Apple que roubou mercado da Amazon, e sim a Barnes & Noble.

Publicidade

Segundo os termos do acordo proposto, Apple e editoras teriam que rescindir seus contratos o mais rápido possível, permitindo que varejistas renegociassem seus acordos. Além disso, para os próximos dois anos as empresas envolvidas não poderão firmar contratos que contenham restrições de preços e/ou mecanismos de compromissos de preço.

[via paidContent, TechCrunch]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Ícone - OS X Mountain Lion

Ele ainda não chegou, mas formulário do Programa de Atualização do OS X Mountain Lion já está no ar [atualizado]

Próximo Artigo
Little Things Forever para iOS

Jogo Little Things Forever para iOS estimula a atenção e a memória de maneira superdivertida

Posts Relacionados