O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

UDIDs vazados pelo grupo hacker AntiSec foram roubados de uma pequena publicadora

Logo do FBI

Logo do FBISegundo a NBC News, os UDIDs vazados pelo grupo hacker AntiSec na semana passada foram roubados do banco de dados da pequena publicadora americana BlueToad. Inicialmente, o grupo alegou que mais de 12 milhões de identificadores únicos tinham sido roubados de um notebook do agente especial do FBI Christopher K. Stangl.

Publicidade

Desmentida pelo FBI, a história ganhou bastante atenção na semana passada, virando assunto também no MacMagazine no Ar #008. Em entrevista à NBC News, Paul DeHart, CEO da publicadora BlueToad, alegou que técnicos da sua empresa compararam os arquivos publicados pelo AntiSec com o banco de dados da empresa, e descobriram que cerca de 98% dos UDIDs vazados pelos hackers também estavam em posse da companhia.

“É 100% de certeza que esses dados são nossos”, disse DeHart. O CEO da companhia negou qualquer ligação com o FBI e não soube informar com precisão quem tomou posse dos dados. Em um comunicado no blog da companhia, DeHart deixou claro que nenhum dado altamente confidencial — como números de cartões de créditos — são armazenados, e que os UDIDs não são mais guardados após a Apple ter desencorajado esta prática.

Publicidade

A BlueToad é uma companhia que oferece diversos meios para que editoras distribuam digitalmente revistas, livros e outros tipos de mídias em várias plataformas.

[via TNW]

Ver comentários do post

Artigo Anterior
Logo - A.pl

Apple vai atrás de empresa polonesa chamada "A.pl"; briga poderá durar 2-3 anos

Próximo Artigo
Upload de fotos via site do Twitter

↪ Upload de imagens chega ao site móvel do Twitter; em iGadgets, recurso está disponível apenas no iOS 6

Posts Relacionados