Analistas dão seus pitacos sobre o iPhone 5

iPhone 5 de cima e de lado, de frente e de costas

Lançado há algumas horas, o novo smartphone da Apple trouxe diversas novidades, como a tela maior de 4″ e um processador ainda mais potente.

Publicidade

iPhone 5 de cima e de lado, de frente e de costas

Confira abaixo o que cinco analistas falaram/apuraram sobre o iPhone 5, segundo compilou o Fortune Tech [tradução livre nossa].

Brian White, Topeka Capital Markets — O novo iPhone 5 foi revelado. Que comecem as filas.

Nós acreditamos que essas mudanças conduzirão à maior atualização na história dos eletrônicos para consumidores. Primeiro, a tela maior (4 polegadas vs. 3,5 polegadas) dará ao consumidor uma experiência muito melhor de leitura e visualização de vídeos, levando até atualizações do iPhone 4S do ano passado. Segundo, o formato 18% menor, ajudado pelo uso da tecnologia de telas in-cell, é espetacular. Surpreendentemente, o novo iPhone também é 20% mais leve que o iPhone 4S. Terceiro, a nova carcaça unibody de alumínio criou um visual mais polido neste novo iPhone, e nós esperados que ele realmente chame atenção ao redor do mundo. Preço-alvo inalterado de US$1.111.

Peter Misek, Jefferies — Ele está aqui! Compre-o!

No geral, o anúncio do iPhone 5 condiz com as expectativas, embora nós pensássemos que o celular fosse lançado em mais operadoras e mais cedo do que muitos investidores esperavam. Nós acreditamos que a programação de lançamento implica que as restrições de fornecimento não estão tão ruins quanto alguns pensaram. Nós vemos inúmeros catalisadores para que as ações tenham um bom desempenho durante os próximos meses e o próximo ano. Preço-alvo inalterado de US$900.

Gene Munster, Piper Jaffray — O iPhone 5 foi anunciado como esperado.

A Apple anunciou oficialmente o iPhone 5 hoje, e nós acreditamos que o celular vai atender ou ultrapassar as expectativas dos consumidores. O redesenhado aparelho nos traz mais segurança em nossa percepção de que a Apple venderá de 6 milhões a 10 milhões de iPhones 5 até o final de setembro, e nós estamos aumentando nossa estimativa para o trimestre que termina em setembro para 27,2 milhões, de 22 milhões, para refletir a nossa convicção. Preço-alvo inalterado de US$910.

Kieth Bachman, BMO Capital Markets — O tão esperado 5.

Para lançamentos de produtos da Apple, nós normalmente falamos sobre algumas características que se destacaram. Entretanto, nossa opinião sobre o novo iPhone 5 é que ele é mais uma soma de parcelas. Com a tela maior e software otimizado, incluindo iOS, Siri e Mapas, em um formato menor, nós achamos que o celular se sairá bem. Como normalmente acontece, a Apple colocou o preço dos novos smartphones igual ao dos modelos anteriores. Preço-alvo inalterado de US$680.

Ben Reitzes, Barclays — Nova tela, novo software, novas características.

Nós também notamos algumas coisas que não vieram durante os anúncios de hoje. Por exemplo, o iPhone 5 não veio com NFC e a Apple não anunciou um serviço de transmissão de rádio similar ao Pandora. Nós acreditamos que essas funções estarão disponíveis no ecossistema da Apple no próximo ano. Novos Macs também foram deixados de lado durante essa apresentação, o que aponta para um novo evento no próximo mês com o “iPad mini”. A companhia também não falou sobre a Apple TV e sua estratégia para a sala de estar, que nós esperamos ouvir mais sobre em breve — apesar de não estarmos esperando uma televisão neste momento. Preço-alvo inalterado de US$750.

E você? Dê seus pitacos também, nos comentários! 😉

Posts relacionados