Leia e interaja com a versão digital de “Livro-Obra”, de Lygia Clark

Em parceria com o Itaú Cultural, a desenvolvedora brasileira 32Bits transpôs o “Livro-Obra”, de Lygia Clark, para uma experiência digital. Aproveitando bem a tela Retina multitoque do iPad, o livro-aplicativo promete trazer uma experiência “extremamente interativa e didática”.

Publicidade

Livro-Obra

O “Livro-Obra” acompanha a trajetória da obra de Lygia desde as suas primeiras criações até o final de sua fase neoconcreta. Trata-se de uma elaboração sobre planos vazados, recortados ou soltos, dobráveis ou retorcíveis, que dependem de uma contra-parte: o próprio leitor e a sua necessária interação com a obra.

“O grande desafio do projeto foi encontrar a maneira mais adequada de transpor a interação com as páginas, peças e dobraduras da obra original”, explica Daniel Morena, líder do projeto. O aplicativo faz parte da exposição “Lygia Clark: uma retrospectiva”, em cartaz no instituto Itaú Cultural até 11 de novembro.

O Livro-Obra não custa nada na App Store [90MB] e requer o iOS 5.1 ou superior de iPads.

Posts relacionados