O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Pesquisa sobre utilização do mapas no iOS 6, como o Google Maps entrou no iPhone e mais

Mapas do iOS 6 no iPhone 5

De acordo com dados da empresa de gestão Snappli, a utilização dos mapas da Apple no iOS 6 caiu consideravelmente desde o lançamento do sistema.

Publicidade

Mapas do iOS 6 no iPhone 5

Analisando informações de 5.000 usuários, a empresa afirmou que o uso dos mapas está agora em 4%, bem abaixo dos 35% — comparativamente, 25% utilizavam os mapas do Google diariamente, no iOS 5.

E já que falamos do antigo mapas do Google no sistema operacional móvel da Maçã, o NYTimes.com disse que a decisão de colocar ele no iPhone original, em 2007, não fazia parte dos planos da Apple e que tudo aconteceu poucas semanas antes da Macworld, quando Steve Jobs subiu ao palco para nos apresentar o smartphone da Apple.

Publicidade

A parte dos mapas começa em 4’40”.

Para mostrar a capacidade touchscreen do aparelho, Jobs pediu a dois engenheiros que criassem um app de mapas. Três semanas depois, ao ver o resultado, a empresa correu para costurar um acordo com o Google, a fim de utilizar os dados (mapas) da gigante de buscas. E assim, teria nascido o Google Maps no iPhone.

Publicidade

Mas voltando aos mapas da Apple, Jason Matheson analisou uma lista de 2.028 nomes de cidades em Ontario (Canadá). Deste número, 400 estavam corretos, 389 bem próximo ao correto, 551 incorretos e 688 nem mesmo estavam no mapa. Com isso em mente, alguns acham que Scott Forstall, chefão do iOS dentro da Apple, é o culpado. Para chegar a esse resultado, o controle de qualidade dos mapas deve ter sido terrível, alegam eles. E levando em consideração que a Siri também “promete coisas que não cumpre”, esta é a segunda deslizada de Forstall, e essas mesmas pessoas já pedem inclusive a cabeça dele.

Para finalizar, depois de pedir desculpas a consumidores, a Apple resolveu alterar um pouco a comunicação dos mapas em seu site.

Página de mapas, da Apple

Antes: “Tudo isso pode fazer este app ser o mais bonito, o mais potente serviço de mapas já visto.”
Depois: “Tudo em uma bonita interface vetorial, fácil de aumentar e diminuir o zoom.”

Publicidade

Infelizmente a Apple terá que esperar alguns meses para que possa recolocar a frase no ar.

[via Electronista, Fortune Tech; 9to5Mac: 1, 2]

Ver comentários do post

Artigo Anterior
Imrali (Turquia)

Site turco questiona mapas da Apple por mostrar imagens detalhadas de uma prisão de segurança máxima do país

Próximo Artigo

iControlPad 2: um passo a mais nos controles físicos para portáteis

Posts Relacionados