O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Histórias de bastidores: após acordo judicial envolvendo iPods, Steve Jobs quis patentear toda e qualquer ideia

Guerra de patentes

A atual guerra de patentes mais parece uma luta inacabável. A cada dia, mais e mais processos são abertos em todo o mundo, seja por “patent trolls” (empresas que usam patentes e processos como forma de negócio) ou por duelo de titãs como Apple, Samsung e Google — através de sua subsidiária, a Motorola.

Publicidade

Guerra de patentes

Em 2006, a Creative Technology, líder no mercado de MP3 players até o lançamento do iPod, processou a Apple por sua até então recém-aprovada patente que define a visualização hierárquica de músicas — a gigante de Cupertino entrou em acordo de US$100 milhões com a empresa.

Segundo um ex-executivo da Apple, que conversou com o New York Times, este episódio serviu como um aviso para Steve Jobs. Desde então, o ex-CEO da Apple resolveu implementar uma política de patentear tudo, como forma de se proteger antes da iminente chegada do iPhone, o qual ainda estava em desenvolvimento.

A atitude dele era de que se alguém da Apple pode sonhar com algo, então eles deveriam requerer uma patente, porque, mesmo que nós nunca construíssemos aquilo, ela seria uma ferramenta de defesa.

Gráfico de processos envolvendo parentes (tecnologia)

Até hoje, diversas batalhas por patentes são travadas em tribunais ao redor do mundo, e muito dinheiro é envolvido. O jornal chegou até a destacar que tanto a Apple quanto o Google gastam hoje mais em processos relacionados a patentes do que em Pesquisa e Desenvolvimento (P&D).

[via Electronista, Ars Technica]

Ver comentários do post

Artigo Anterior
Ícone do NAVIGON Brazil

↪ Garmin confirma: apps de mapas estão vendendo bem na App Store após polêmica envolvendo solução da Apple

Próximo Artigo
Train Conductor

MM na App $tore: Moodoscope, Train Conductor, Skedule, KeyZ, Teed, Plight of the Zombie e mais!

Posts Relacionados