O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Opinião: portabilidade será o ponto-chave do “iPad mini”, não seu preço

iPad mini

Desde que o iPad original foi lançado, em 2010, muitos já espalhavam rumores de que uma nova versão com uma tela menor seria anunciada. Conforme os meses foram passando, a história foi sendo “desmentida” inúmeras vezes, até por Steve Jobs. Mas durante este ano uma explosão de rumores, vazamentos e protótipos trouxe à tona, mais uma vez, toda a discussão sobre um possível lançamento do produto.

Publicidade

O foco de um iPad menor deverá ser atrair consumidores que procuram por um dispositivo ainda mais portátil que a atual versão da tablet. Estudantes, que estão sempre de um lado para o outro devorando livros e apostilas em PDF, adorarão ter um dispositivo ainda menor, mais leve e mais fino. O “iPad mini” se tornará a escolha perfeita para quem quer carregar centenas de livros, jogos e aplicativos em sua mochila — caso seja realmente anunciado.

iPad mini

Com a ajuda do iBooks Author, plataforma de criação de livros interativos da Apple, e do iBooks — que provavelmente ganhará uma bela atualização durante o evento especial da semana que vem —, um iPad menor poderá marcar grande presença entre os estudantes.

Publicidade

Até mesmo quem já tem um iPad poderá se sentir atraído por um hardware mais leve. A atual geração de tablets da Apple ainda é pesada e um tanto desconfortável para quem quer ler durante horas sentado no sofá ou deitado na cama.

Como o iOS é bem mais maduro do que qualquer outro sistema que roda em tablets, o principal diferencial de um iPad menor sobre seus concorrentes será o ecossistema que está por trás dele, além de carregar toda a qualidade que a Apple coloca em seus produtos, é claro.

Ao contrário do que muitos pensam, não acredito que a Maçã esteja cedendo aos apelos dos consumidores que “clamam” por um iPad com uma tela menor. Na verdade, acredito que a companhia achou um bom motivo para criar esta variação: portabilidade. A Apple já voltou atrás de suas decisões/conceitos por ter encontrado uma razão forte para tal. Foi assim com o iPod video, com o iPhone e pode ser assim também com o iPad.

Publicidade

Não faz o estilo da gigante de Cupertino desenvolver um produto com o foco apenas em preços baixos, então, se ela realmente anunciar o “iPad mini” durante o evento marcado para o dia 23 de outubro, podemos ter certeza de que ele terá um grande diferencial.

Você, caro leitor, acredita que o “iPad mini” tem potencial para virar mais um produto de sucesso da Apple?

Ver comentários do post

Artigo Anterior
VLC 2.0.4

↪ Player de vídeo VLC chega à versão 2.0.4 corrigindo mais de 100 bugs

Próximo Artigo
RIM vs. Apple

Rede australiana de supermercados troca BlackBerries de seus empregados por iPhones

Posts Relacionados