Analistas: iPad mini “é bom o suficiente para roubar o mercado” de outras tablets menores

iPads mini

Anunciado ontem, o iPad mini é a mais nova aposta da Apple no mercado de tablets. Com uma tela de 7,9 polegadas, processador A5, bordas mais finas e diversas outras novidades, o iPad mini tem tudo para ganhar o coração (e dinheiro) de consumidores espalhados por todo o mundo.

Publicidade

iPads mini

A firma de analistas IHS iSuppli acredita que o iPad menor se dará tão bem quanto seus irmãos maiores. Eles acreditam que as tablets com cerca de 7 polegadas representarão 28% do total de vendas do segmento. Cerca de 34 milhões de dispositivos menores deverão ser vendidos até o fim deste ano, um salto de 100% quando comparamos com os 17 milhões de unidades comercializadas no ano passado.

Para 2013, as previsões são ainda mais animadoras: 67 milhões de tablets com cerca de 7″ serão vendidas, representando 33% do mercado. Segundo a firma, essas previsões são conservadoras, já que eles acreditam que a Apple não conseguirá produzir iPads mini suficientes para a suprir a alta demanda pelo produto.

Publicidade

Mesmo com uma faixa de preços mais alta do que seus concorrentes, como Nexus 7 (do Google) e Kindle Fire HD (da Amazon) — que custam US$200 nos Estados Unidos —, o iPad mini conseguirá fazer bastante sucesso, segundo o analista Mark Moskowitz, da J.P. Morgan. Sua etiqueta de US$330 não será um problema, já que a tela um pouco maior e o incrível iOS 6 tornam o iPad mini “bom o suficiente para roubar o mercado” de seus inimigos.

[via CNET: 1, 2]

Posts relacionados