Mark Cuban, magnata americano, acha que um novo “set-top box” da Apple tem grandes chances no mercado de TV

Apple TV de frente

O magnata americano Mark Cuban (dono do time de basquete Dallas Mavericks, dos Landmark Theatres, da Magnolia Pictures e presidente da rede de TV a cabo AXS TV) compartilhou algumas de suas ideias para o mercado de TV numa entrevista para a Adweek. O assunto nos interessa pois, como tudo hoje em dia, a Apple esteve presente na discussão.

Publicidade

Uma das possibilidades levantada por alguns é de que a Apple poderia ignorar as redes de TVs a cabo, fechando contratos diretamente com programas para o oferecimento de conteúdo. Para Cuban, a chance disso acontecer é praticamente nula, já que o negócio da Apple é mais focado em comissão (no caso de conteúdo, é claro).

Apple TV de frente

Para o empresário, se a Apple apenas lançar um set-top box com uma senhora interface iOS — in Jony Ive we trust! — já seria suficiente para balançar o mercado.

Publicidade

Ter um set-top box que usa uma versão de TV pronta do iOS, que mudaria o paradigma de interfaces de usuário, poderia criar uma plataforma a partir da qual a Apple poderia vender conteúdo e integrar novas opções. Eu não acho que haja qualquer dúvida de que, se a Apple lançar um set-top box com suporte para autenticação de distribuidores de vídeo multicanal de programação (como o cabo e empresas de satélite), seria um enorme sucesso.

Cuban vai mais longe, dizendo que, se a Apple conseguir fazer essa integração de produtos com o conteúdo atualmente oferecido pelas companhias de cabo/satélite, será o fim do jogo para Xbox, TiVo, Boxee e outros serviços/produtos — mesmo com muitos deles oferecendo algo melhor que a Apple, hoje.

Não me chocaria se a Microsoft estiver esperando para ver o que a Apple faz e tentar fazer um trabalho melhor.

Até o momento, nenhuma empresa conseguiu “quebrar” o cartel de TVs e Cuban acha que isso acontece por um único motivo: é caro. Bilhões de dólares são necessários para começar a brincar nesse mercado.

Será que a Apple um dia conseguirá? Melhor: será que a Apple quer entrar nessa brincadeira?

[via CNET News]

Posts relacionados