Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação autoriza Foxconn a fabricar o iPhone 5 no Brasil

Bandeira do Brasil em iPhone 5

A VEJA.com afirmou que a Foxconn começará, em breve, a fabricação do iPhone 5 na fábrica de Jundiaí, no interior de São Paulo. O veículo disse que a empresa recebeu na sexta-feira passada (23/11) a autorização do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação para montar o produto no país com direito ao benefício da Lei de Informática.

Publicidade

Bandeira do Brasil em iPhone 5

No começo do mês, eles disseram que o iPad já havia recebido essa autorização. Na época, ficamos na dúvida se a tablet era o iPad de quarta geração ou o iPad mini. Agora, porém, o site da revista disse que ambos receberam a homologação do MCTI com isenção fiscal.

A “má notícia” é que os modelos nacionais não deverão chegar às lojas neste Natal — os primeiros produtos vendidos por aqui serão importados da China e só depois passarão a ser produzidos/montados no país.

Publicidade

Tanto o MCTI quanto a Foxconn foram procurados pela VEJA.com, mas preferiram não comentar o assunto.

Sendo incluído na Lei de Informática, existe a possibilidade de o iPhone 5 ter seu preço reduzido quando chegar ao mercado brasileiro. Em outubro, o Ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, disse que as fabricantes de smartphones terão os impostos PIS e Cofins reduzidos — a presidente Dilma Rousseff ainda precisa assinar o decreto que prevê a redução fiscal. Contudo, é bom notar que as empresas — nesse caso, a Apple — não é obrigada a repassar esse incentivo ao consumidor; ela deve apresentar outras contrapartidas, mas não há nenhuma obrigação de redução de preço. Por isso, não espere um iPhone 5 mais barato.

Apesar de já estar homologado, ainda não sabemos quando o iPhone 5 será lançado aqui no Brasil.

[dica do Gustavo Jaccottet]

Posts relacionados