200 mil iPhones 5 foram reservados na China; no Japão, consumidores estão trocando de operadora por causa do aparelho

iPhone 5 chinês rodando Safari

Recentemente informamos que 100 mil iPhones 5 foram reservados na China Unicom logo após o anúncio da disponibilidade do aparelho. Agora, três dias depois, o número dobrou (200 mil), conforme noticiou [Google Tradutor] a própria operadora no Sina Weibo.

Publicidade

iPhone 5 chinês rodando Safari

A telecom está vendendo o aparelho com 100% de subsídio. Para isso, consumidores precisam depositar cerca de R$1.970 (16GB), R$2.300 (32GB) ou R$2.635 (64GB). O valor solicitado pela operadora é maior do que o necessário e parte do dinheiro é devolvido ao consumidor depois da escolha do plano — são várias opções com fidelidade de um, dois ou três anos. Apenas para termos uma ideia, o iPhone 4S de 16GB sai de graça num plano de R$130/mês, com dois anos de contrato.

Vale lembrar que a Apple ainda venderá o iPhone 5 através da parceira China Telecom e das suas próprias Retail Stores. Levando isso em consideração, já dá para dizer que o iPhone 5 é um sucesso no país.

Publicidade

Já no Japão, a Reuters informou que a operadora NTT Docomo perdeu 40.800 assinantes em novembro. O motivo? Consumidores migraram para a SoftBank e para a KDDI, já que elas oferecem o iPhone 5.

[via TNW, AppleInsider]

Posts relacionados