Nos Estados Unidos, vendas de MacBooks caíram 6% nos feriados de fim de ano

MacBooks Pro com tela Retina

Não tem jeito: o final do ano é a época em que mais se vende. Dia de Ação de Graças, “Black Friday”, “Cyber Monday” e Natal representam uma boa parcela das vendas do último trimestre do ano, garantindo uma gorda receita para empresas.

Publicidade

Porém, uma pesquisa do NPD Group, que analisou a quantidade de eletrônicos vendidos para consumidores entre os dias 18 de novembro e 22 de dezembro de 2012, revelou que esses feriados tiveram um desempenho aquém do esperado: houve uma queda de 3,7% de dispositivos comercializados em comparação com 2011. Vale notar que a pesquisa não levou em conta Kindles, iPads, Surfaces, celulares e videogames.

MacBooks Pro com tela Retina

Para a Apple, o final do ano passado foi uma mistura de resultados. Ao mesmo tempo em que as vendas de MacBooks caíram 6% em relação a 2011, o preço médio de venda de seus notebooks subiu US$100, atingindo incríveis US$1.419.

Publicidade

Apesar de não participarem da pesquisa, os iPads tiveram uma grande influência nela. Enquanto as vendas de computadores com Windows que custam mais US$500 caíram 4%, os que são comercializados abaixo desse valor sofreram um forte declínio de 16%.

[via AppleInsider]

Posts relacionados