Lei europeia impede que Macs Pro continuem sendo vendidos por lá a partir de 1º de março

Nova torre Mac Pro vista de lado e de baixo

Nova torre Mac Pro vista de lado e de baixoA Apple emitiu hoje uma nota a distribuidores europeus para avisá-los que novos pedidos de Macs Pro só poderão ser feitos até 18 de fevereiro, visto que uma nova emenda de lei da União Europeia impedirá a comercialização das máquinas por lá a partir de 1º de março, com exceção das lojas que tiverem estoques remanescentes.

Publicidade

O comunicado da empresa não deixa claro qual a incompatibilidade em questão, mas provavelmente ela tem a ver com alguma regulamentação técnica desatualizada nos Macs Pro. Não é por menos: no meio do ano passado ela trocou os processadores das suas torres profissionais, mas não mexeu em mais nada da máquina (ela nem sequer incorporou portas USB 3.0 e/ou Thunderbolt). Ou seja, tirando isso o Mac é praticamente o mesmo desde julho de 2010!

Pouco tempo depois, questionado sobre a questão, o CEO Tim Cook teria dado a entender que veríamos um novo Mac Pro de fato chegando em 2013. Essa nova determinação europeia é ao meu ver, portanto, um forte motivo para a Apple lançar esse upgrade o mais rápido possível — ainda mais considerando que não são esperadas grandes novidades em iProducts neste primeiro semestre.

Diante de tanta expectativa, diversos designers já propuseram mudanças visuais completas na máquina [1, 2], mas ninguém sabe ao certo o que a Apple está preparando. Só é fato que já está mais do que na hora de uma renovação significativa, até porque o design “ralador de queijo” praticamente não muda há quase uma década — desde que o primeiro Power Mac G5 foi lançado.

[via MacRumors]

Posts relacionados