O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Apple considera devolver ainda mais dinheiro a seus acionistas e inclusive emitir ações preferenciais

AAPL - 7 de fevereiro de 2013

Na sua última divulgação de resultados financeiros, a Apple reiterou que pagará um dividendo de US$2,65 por ação comum da companhia em 14 de fevereiro para todos os acionistas da empresa registrados até o dia 11.

Publicidade

Esse plano de pagamento de dividendos foi instaurado em maio do ano passado e engloba um total de US$45 bilhões pagos durante um prazo de três anos. Hoje, num comunicado para a imprensa, a Apple anunciou que na semana que vem completará US$10 bilhões desse total.

Mas o motivo do press release não foi esse, e sim a divulgação dos planos da Apple de aumentar o valor pago aos seus acionistas e/ou de acelerar esse plano inicialmente previsto para três anos.

AAPL - 7 de fevereiro de 2013

Acima, vocês veem o que aconteceu com as ações dela após o anúncio, no final desta tarde. Elas passaram o dia todo oscilando entre mais ou menos -0,5% e +0,5%, para na última meia hora do pregão dispararem para quase 3% e fecharem o dia valendo US$468,25.

Publicidade

Com um market share de US$439,71 bilhões, a Apple já se distanciou mais de US$42 bilhões da segunda empresa de capital aberto mais valiosa do planeta, a Exxon Mobil. A gigante petrolífera havia retomado a coroa da Apple há dez dias, mas isso só durou um final de semana.

O pronunciamento da Apple emitido hoje tem a ver com uma forte pressão feita pelo fundo de investimentos de David Einhorn, famoso magnata americano que possui cerca de 1,3 milhão de papéis da AAPL.

Publicidade

A equipe de gerência da Apple e seu Conselho têm realizado discussões ativas sobre retornar mais dinheiro para acionistas. Como parte da nossa avaliação, iremos considerar profundamente a proposta atual da Greenlight Capital de emitir algum tipo de ação preferencial. Nós saudamos as visões da Greenlight e de todos os nossos acionistas.

A Apple esclareceu que, ao contrário do que a Greenlight imaginava, uma das propostas internas da Apple não irá eliminar a possibilidade de ela emitir ações preferenciais. Einhorn disse publicamente que considera abrir um processo contra a Apple por isso, comentando que a empresa teria sérios problemas com o gerenciamento de suas finanças. Para mais detalhes, vale conferir este artigo do The New York Times.

É compreensível, o posicionamento de vários acionistas — incluindo os vários representados pela Greenlight: a Apple tem hoje US$137 bilhões em caixa e poderia facilmente aumentar/acelerar esse retorno financeiro para os que a apoiam na bolsa.

Ver comentários do post

Artigo Anterior
Ícones do iPhoto e Aperture

↪ Apple disponibiliza Digital Camera RAW Compatibility Update 4.04 para usuários do Aperture e do iPhoto

Próximo Artigo
Ícone - Profile Manager

Segurança no mundo Apple: apagando dispositivos remotamente

Posts Relacionados