Juíza corta quase pela metade multa de US$1,05 bilhão que Samsung terá que pagar à Apple; Greenlight desiste de processo

Logo da Apple feito com dinheiro

Em agosto de 2012, um júri popular afirmou que a Samsung copiou descaradamente produtos infringiu múltiplas patentes da Apple e aplicou uma multa de quase US$1,05 bilhão à sul-coreana.

Publicidade

Depois, em dezembro, uma nova audiência aconteceu, na qual Lucy Koh (juíza responsável pelo caso) negou pedidos de ambas as empresas — a Apple queria banir 26 aparelhos da Samsung, enquanto a asiática queria melar o julgamento argumentando que Velvin Hogan (presidente do júri) teria agido de má fé.

Logo da Apple feito com dinheiro

De lá pra cá, nada de muito relevante aconteceu nessa disputa, mas hoje uma notícia pegou todos de surpresa. Koh cortou a multa que a Samsung terá que pagar a Apple em quase 40% (US$450,5 milhões). O valor se refere a 14 produtos da Samsung que fizeram parte do processo mas que deverão receber um novo julgamento para avaliar novamente os valores dos danos das infrações — de acordo com Koh, o júri fez alguns cálculos de forma errada.

Publicidade

Os advogados da Apple não devem estar nada satisfeitos com a notícia, até porque eles queriam *aumentar* o valor da multa. Koh disse que as empresas estão livres para apelarem da decisão e que uma nova audiência não acontecerá até que o caso seja totalmente esgotado. Alguém tem dúvidas de que a Maçã apelará?

Greenlight Capital vs. Apple

E já que estamos falando de tribunais, vale comentar também que David Einhorn, da Greenlight Capital, desistiu da ação que moveu contra a Apple para bloquear a possibilidade de a empresa abrir uma votação que acabaria com a emissão de ações preferenciais durante o encontro anual de acionistas, que aconteceu em 27 de fevereiro (quarta-feira passada).

Como ela já conseguiu o que queria, a ação de fato não faria mais sentido.

[via Bloomberg: 1, 2]

Posts relacionados