Querendo cada vez mais controle sobre produtos, Apple teria comprado fábrica de processadores

Fábrica/sede da UMC, em Cingapura

O histórico do site SemiAccurate é dividido: eles já tiveram acertos (como a troca de fornecedora de GPU para os Macs) e erros (como afirmar que a Apple mudaria os processadores de seus computadores para ARM). Independentemente disso, eles disseram agora que a Apple quer assumir o controle da fabricação de seus chips (utilizados em iGadgets) de uma vez por todas — hoje, quem fabrica esses processadores é a Samsung. Para isso, a Maçã teria comprado… uma fábrica!

Publicidade

Fábrica/sede da UMC, em Singapura

Fábrica/sede da UMC, em Singapura.

O site não oferece muitas informações — quer dizer, oferece, mas o conteúdo é fechado para assinantes —, mas pelas tags utilizadas vemos que UMC (United Microelectronics Corporation) faz parte da notícia. Eric Slivka, editor do MacRumors, acredita que a fabricante (que possui instalações em Taiwan e Singapura) pode ser a aquisição da Apple.

Publicidade

A motivação para isso seriam duas: 1. o sempre enorme controle que a empresa tem sobre todos os processos que envolvem qualquer produto/serviço dela; 2. se afastar cada vez mais da Samsung. Como muitas das possíveis substitutas da sul-coreana não teriam atendido às necessidades da Maçã (bote nesse bolo Intel, TSMC, Global Foundries, IBM, entre outras), ela resolveu caminhar com suas próprias pernas.

Mas sabemos que nada nesse mercado é imediato, principalmente quando não se tem conhecimento avançado sobre o assunto. Por isso, a Apple ainda precisa da ajuda de terceiros para entregar os milhões de iGadgets que vende mensalmente em todo o mundo — justamente por isso, ela fechou um acordo com a TSMC, que finalmente teria alcançado o nível de exigência da Maçã.

Hoje, os processadores da família A (A4, A5, A5X, A6, A6X e outros futuros que virão) são os corações dos produtos mais importantes para a Apple e muita gente aposta que, num futuro não muito distante (quando os chips estiverem ainda mais avançados), a empresa poderá equipar até mesmo seus Macs com eles. Por isso, se essa notícia for mesmo quente, não é nenhuma surpresa.

Posts relacionados