Apple também realizará um evento especial na China, na semana que vem [atualizado 2x: Japão e Alemanha também]

Convite da Apple para evento na China

Conforme noticiamos ontem, a Apple convidou a imprensa para um evento que acontecerá em 10 de setembro, em sua própria sede (Cupertino, Califórnia), no qual se espera o lançamento de novos iPhones (“5S” e “5C”).

Publicidade

Convite da Apple para evento na China

Convite recebido pelo Sina Tech [Google Tradutor].

Porém, algo curioso acontecerá neste ano: a Maçã também convidou a imprensa chinesa para um outro evento paralelo, o qual está marcado para o dia 11 de setembro às 10 horas, em Pequim — com a diferença de fuso horário, o evento chinês começará pouco depois do americano.

Publicidade

O convite do evento é exatamente o mesmo, então por que a Apple se daria ao trabalho de realizar dois eventos assim? Sabemos que a China é muito importante para a empresa e que as vendas lá ditam o sucesso de um bom trimestre da Maçã. Mais do que isso, a companhia liderada por Tim Cook conta com duas parceiras (operadoras) no país asiático, mas a China Mobile, a maior operadora do mundo (com 700 milhões de clientes), ainda não é uma delas.

Nos últimos anos ambas negociaram muito — Cook já visitou o país algumas vezes desde que assumiu o cargo de CEO — e é bem possível que esse acordo saia agora, “coincidindo” com o lançamento de novos iPhones. Para melhorar as coisas, os rumores sobre a chegada do “iPhone 5C” são muito fortes. Levando em consideração as características básicas deste suposto aparelho (carcaça de plástico, várias opções de cores, preço mais baixo, etc.), ele tem tudo para fazer muito sucesso em vários países, especialmente na China.

É… a semana que vem promete! 🙂

[via The Next Web]

Atualização · 04/09/2013 às 13:34

De acordo com o AllThingsD, a China não é o único país que receberá uma atenção especial da Apple. Algumas horas após o início do evento que acontecerá em sua sede, a empresa realizará “mais três eventos”: na China (Pequim), no Japão (Tóquio) e na Alemanha (Berlim).

Bandeira da China Bandeira do Japão Bandeira da Alemanha

Os eventos contarão com um streaming (ou replay) do que que acontecerá em Cupertino (Califórnia), quem sabe com algum conteúdo extra/novo — como um possível anúncio de acordo entre Apple e China Mobile no caso da terra do rolinho primavera, por exemplo.

Não estamos falando, então, de um evento específico para a China, e sim um evento principal nos EUA, com “pontos de apoio” em outros países — e isso não é algo novo, já que no passado a empresa realizou eventos parecidos no Japão (Tóquio) e no Reino Unido (Londres).

Atualização II · 05/09/2013 às 17:53

De acordo com a Reuters, a NTT DoCoMo (a maior do Japão) começará a vender iPhones muito em breve — hoje, as parceiras da Apple por lá são as operadoras KDDI e SoftBank.

Uma possível explicação para esses eventos satélites acontecerem na China e no Japão seria justamente esses importantes acordos com as maiores operadoras locais — além, é claro, de jornalistas e convidados muito provavelmente poderem “degustar” os novos produtos, o que com toda certeza gera uma pauta mais interessante.

Resta saber aonde entra a Alemanha nessa jogada. Eric Slivka, do MacRumors, levantou a hipótese de o evento por lá ter relação coma a Deutsche Telekom. A operadora anunciou a rede LTE+, a qual oferece velocidades de até 150Mbps — já são mais de 100 cidades com a cobertura da nova rede. Quem sabe os novos iPhones contam com suporte a esse padrão e, por isso, a Apple também tenha marcado um evento satélite no país.

Enquanto isso, continuamos com o nosso 3G capenga. Dá-lhe Brasil!

Posts relacionados