O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Não, o sensor Touch ID do iPhone 5s *não* foi “hackeado” [atualizado]

Touch ID do iPhone 5s

Hoje em dia, o que mais tem por aí são “leitores de títulos” — aqueles que acham que só ler chamadas em tweets é suficiente para “estar bem informados”. Não é à toa que, de ontem pra hoje, nossa caixa de email foi lotada de dicas de leitores nos informando que o sensor Touch ID do iPhone 5s já havia sido “hackeado”.

Publicidade

Não, ele não foi. Vamos aos fatos.

O que o pessoal do Chaos Computer Club (CCC) fez foi conseguir pegar/fotografar uma impressão digital e transferi-la para uma superfície de vidro, gerando a partir daí uma cópia idêntica usando alguma espécie de material emborrachado ou até uma impressora 3D. O processo foi bem mais complicado para eles do que tentativas feitas com outros sensores pois o da Apple conta com uma resolução de imagem muito grande (500ppi).

Vejam só a demonstração em vídeo:

Publicidade

A descoberta do CCC não é desprezível; eles provaram que é possível, sim, acessar um iPhone 5s com algo que não seja necessariamente um “dedo vivo”, conforme cobrimos nesta matéria — algo que a Apple possivelmente irá investigar e certamente tentará melhorar, se possível via software ou quem sabe em futuras gerações de hardware do seu sensor. Ainda assim, é necessário fazer uma “cópia” da impressão original.

Então não, pessoal, o Touch ID *não* foi hackeado. Se o que foi demonstrado acima é “coisa de hacker”, então qualquer um que pegar uma chave e fizer uma cópia dela para conseguir abrir algo também será um. Imaginem então senhas alfanuméricas, que só é preciso uma observação distante para que sejam descobertas.

Publicidade

Aos interessados, a Apple inclusive já publicou um extenso artigo de suporte (por enquanto, somente em inglês) focado na segurança do Touch ID, apresentando o sensor, falando das tecnologias avançadas incorporadas a ele e o nível de segurança que o novo sensor proporciona para usuários.

[via MacRumors]

Atualização · 24/09/2013 às 22:54

O vídeo a seguir mostra como é “simples” (hehe) fazer uma cópia funcional da impressão digital:

Publicidade

E, ainda assim, a identificação da cópia requer múltiplas tentativas para ser feita com sucesso.

Não é muito mais fácil descobrir o código de quatro dígitos da pessoa? 😛

Ver comentários do post

Artigo Anterior

Apple veicula mais um comercial do iPhone 5c: "Cumprimentos"

Próximo Artigo
iPhones 5s e 5c de frente, com todas as cores

Incrível: Apple vende 9 milhões de iPhones no primeiro final de semana do 5c e do 5s [atualizado]

Posts Relacionados