O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Benchmark do iPad mini de segunda geração mostra que Apple reduziu a velocidade do processador A7

Benchmark do iPad mini de segunda geração

Logo depois de ser lançado, o iPad Air foi testado e mostrou que pode ser até 80% mais rápido que o modelo de quarta geração — ou 5 vezes mais que o iPad 2!

Publicidade

Levando em consideração esses dados, logo imaginamos que o iPad mini de segunda geração seguiria o mesmo caminho. E como o iPad mini de primeira geração conta com os mesmos componentes internos do iPad 2, a tendência era de que o novo tablet de 7,9 polegadas com tela Retina fosse 5 vezes mais rápido que seu antecessor.

Benchmark do iPad mini de segunda geração

Mas não é bem assim. Conforme podemos ver no teste (benchmark) realizado com a ferramenta Geekbench, muito provavelmente por conta da bateria menor que a do iPad Air, a Apple optou por reduzir o clock do processador A7 do iPad mini de segunda geração, deixando-o em 1,29GHz (praticamente a mesma coisa do iPhone 5s, que roda em 1,30Ghz). Comparativamente, o A7 do iPad Air roda em 1,39GHz.

Arrisco dizer que pouca gente conseguirá notar essa diferença — na prática os ganhos devem ser mesmo 4-5 vezes maiores —, mas é interessante ver até aonde a empresa vai para deixar as coisas mais equilibradas entre desempenho e eficiência energética.

[via 9to5Mac]

Ver comentários do post

Artigo Anterior
Ícone do Camera RAW

↪ Atualização de Compatibilidade RAW adiciona suporte a novas câmeras no Aperture e no iPhoto

Próximo Artigo
iPhone 5s na Vivo

↪ Vivo também abre cadastro para interessados no iPhone 5s

Posts Relacionados