O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Executivos da Apple falam sobre a Beats, o mercado de música e futuros produtos na Code Conference [atualizado 2x: vídeos]

Eddy Cue e Jimmy Iovine na Code Conference 2014

Eddy Cue (vice-presidente sênior de software e serviços para a internet da Apple) e Craig Federighi (vice-presidente sênior de engenharia de software da Apple) estavam escalados para participar da Code Conference (antiga D Conference). Contudo, logo após a confirmação da compra da Beats pela Apple, Federighi foi substituído por Jimmy Iovine (cofundador da Beats).

Publicidade

Eddy Cue e Jimmy Iovine na Code Conference 2014

Os executivos subiram ao palco da conferência e foram recebidos pela dupla de jornalistas Walt Mossberg e Kara Swisher. Devido a questões regulamentares, os entrevistados não puderam responder perguntas do público presente — o que sem dúvida nenhuma gerou uma certa decepção.

Confira abaixo os destaques da entrevista:

  • Conforme já foi amplamente divulgado pela Apple, a aquisição foi totalmente pautada pelo talento das pessoas por trás da Beats (Electronics e Music), pela qualidade dos produtos e pelo único serviço de assinatura/streaming criado da maneira correta — de acordo com a própria Apple. Apesar disso, não importa muito o que a Beats já fez, e sim o que ela e Apple conseguirão construir juntas, agora.
  • Cue afirmou que há mais de uma década ele e Iovine queriam trabalhar juntos. O cofundador da Beats é um grande parceiro da Apple, colaborando com a empresa desde 2004 (época do iPod U2 Special Edition).

Eddy Cue e Jimmy Iovine na Code Conference 2014

Viemos de um mundo diferente. No entretenimento, todo mundo é inseguro. E no Vale do Silício, todo mundo parece ser um pouco confiante demais.

Jimmy Iovine, cofundador da Beats e agora executivo da Apple.

  • Para Iovine, o grande diferencial do Beats Music é a curadoria. Editores (pessoas, seres humanos — e não algoritmos/máquinas) escolhem a música perfeita para você escutar em qualquer momento do dia.
  • Outro ponto importante destacado por Iovine é a qualidade do áudio dos serviços. Para ele, nenhum pode ser comparado ao Beats Music.
  • Cue afirmou que Iovine e Dr. Dre são importantíssimos para a Apple e para o mercado musical — que está em declínio —, justamente por conta desse poder de curadoria. Para termos uma ideia, o número de lançamentos de álbuns no iTunes neste ano é o mais baixo já visto pela Apple.
  • Alguns relatórios indicavam que o Beats Music tinha cerca de 100.000 assinantes; Iovine afirmou, porém, que o número é bem superior: 250.000 (em apenas três meses de serviço). Levando em consideração que o modelo de assinatura tem tudo para ser padrão daqui para frente e que a Apple conta hoje com mais de 800 milhões de contas na iTunes Store (muitas delas com cartões de crédito prontos para serem usados), o casamento poderá dar muito certo.

Eddy Cue e Jimmy Iovine na Code Conference 2014

O fato de as vendas de música estarem acabando é algo muito superestimado. Nós acabamos de alcançar a marca de 35 bilhões de músicas vendidas nesta semana. Mas essa taxa se estabilizou, é verdade.

Eddy Cue, vice-presidente sênior de software e serviços para internet da Apple.

  • Cue afirmou que o iTunes Radio conta hoje com mais de 40 milhões de usuários — mesmo estando disponível apenas nos Estados Unidos e na Austrália.
  • Obviamente, Mossberg tentou arrancar dos executivos o que mais a Apple planeja fazer com essa aquisição. Cue, porém, se esquivou, dizendo apenas que a quantidade de contas na iTunes Store, as boas relações com artistas, as informações sobre hábitos musicais… tudo isso, junto, tem um valor incrível para o que as empresas poderão construir.

Você está brincando! Eu pedi [para a Apple] comprar a Beats todos os dias pelo últimos 10 anos! Eles fazem acordos da mesma forma que fazem produtos!

Jimmy Iovine.

  • Sobre a parte de hardware, Cue afirmou que a Apple faz o melhor fone que cabe dentro de uma pequena caixa, mas que se uma pessoa estiver buscando altíssima qualidade, isso custa mais dinheiro. A ideia é que o segmento de hardware da Beats continue operando normalmente — Iovine afirmou que a empresa está trabalhando em novos alto-falantes e fones, e que eles têm um longo caminho a percorrer para convencer as pessoas do valor de um bom áudio.
  • Já sobre as diferenças entre o relacionamento de Hollywood e do Vale do Silício, Cue disse que a Apple aprendeu muita coisa por conta do relacionamento com a Pixar e a Disney, e que consegue muito bem fazer essa ponte sem grandes problemas.
  • Mossberg também tentou arrancar algo sobre uma possível nova Apple TV, mas Cue novamente se esquivou, dizendo apenas que o set-top box decolou como produto e que ela continuará evoluindo — já foram vendidas mais de 20 milhões de unidades, o que hoje representa um mercado e US$1 bilhão por ano para a Maçã. Por outro lado, assim como Tim Cook, Cue desdenhou da experiência atual que temos hoje em dia com TVs, deixando no ar a ideia de que a Apple tem tudo para investir pesado nessa área.
  • Voltando ao assunto música, Iovine destacou que a Beats conseguiu atingir vendas de US$500 milhões investindo apenas em product placement.

Eddy Cue e Jimmy Iovine na Code Conference 2014

As playlists são os novos álbuns.

Jimmy Iovine.

  • Cue aproveitou a conferência para criar uma certa expectativa sobre futuros lançamentos da Apple, afirmando que neste ano a empresa lançará a melhor linha de produtos que ele já viu em 25 anos de Apple. É claro que muita coisa boa pode vir por aí, mas esse tipo de declaração normalmente não passa de algo normal — afinal, o “iPhone 6” será o melhor iPhone já lançado, o futuro iPad será o melhor tablet já criado pela Apple, futuros Macs serão os mais rápidos e eficientes que já vimos e assim por diante…

Como tradicionalmente acontece, essas entrevistas não trazem muitas informações quentes sobre os planos da empresa/futuros produtos. Mas a WWDC 2014 está logo ali (segunda-feira, 2/6), ou seja, não precisaremos esperar muito para finalmente vermos novidades no mundo Apple. 🙂

[via The Verge]

Atualização, por Rafael Fischmann · 29/05/2014 às 09:26

O Re/code já publicou dois vídeos da entrevista:

Cue sobre as novidades que vem por aí

Cue e Iovine falando sobre Steve Jobs

Atualização II · 30/05/2014 às 15:41

Eis o vídeo completo da entrevista:

Ver comentários do post

Artigo Anterior
OS X Mavericks rodando num iMac

Referências a novos iMacs são encontradas em códigos do OS X Mavericks 10.9.4 [atualizado]

Próximo Artigo
Cores dos iPhones 5s

Não esperem um iMac mais barato ou um iPhone 5s de 8GB nesta WWDC

Posts Relacionados