O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

The New York Times traça perfil polêmico de Tim Cook; entrevistado pelo veículo, Jony Ive afirma que “nada mudou”

Tim Cook

Nesta semana, o NYTimes.com publicou um perfil pra lá de polêmico de Tim Cook, CEO da Apple. Digo “polêmico” pois, além de a matéria não trazer absolutamente nada de novo sobre o estilo de liderança do chefão da Maçã, tratou de fazer aqueles comparativos — praticamente clichês em se tratando de assuntos no mundo Apple — entre o atual líder e o cofundador/ex-CEO, Steve Jobs. Para completar, trouxe opiniões de terceiros bastante negativas, as quais colocam em dúvida o futuro da empresa — mostrando apenas a visão dos pessimistas.

Publicidade

Tim Cook

Quer exemplos? Veja algumas citações que fazem parte da matéria:

Eu acho que vai ser muito difícil para eles lançarem a próxima grande coisa. Eles perderam o coração e a alma.

Michael A. Cusumano, professor do M.I.T.

Jobs é para [John] Lennon o que Cook é para Ringo [Starr].

[…]

Eles lançaram apenas o software.

Chad Zeluff, desenvolvedor, comparando os estilos de Jobs e Cook e surpreso pela falta de anúncios de novos produtos na WWDC 2014.

Isso é algo que o Steve Jobs não teria feito.

Jordan Brown, desenvolvedor, também falando mal da falta de novos produtos na WWDC 2014.

O clima nebuloso paira por toda a matéria, independentemente do segmento abordado (laboratorial, gerencial, financeiro, etc.). Mas dentro desse mar de dúvidas e incertezas, uma entrevista com Jony Ive (chefão de design da Apple) nos chamou atenção.

Publicidade

Nela, Ive afirmou que a filosofia da Apple (focada em fazer excelentes produtos) continua a mesma. Sob a batuta de Cook, o processo criativo dentro da empresa continua igual (algo realizado em pequenas equipes).

Steve estabeleceu um conjunto de valores, preocupações e tons que são completamente duradouros — e estabeleceu esses princípios com uma pequena equipe de pessoas. Eu sempre tive a sorte de fazer parte dela. Mas Tim [Cook] também fez parte dessa equipe — pelos últimos 15, 20 anos.

Jony Ive, vice-presidente sênior de design da Apple.

Ive também explicou como o processo criativo passa pelo entendimento do material utilizado, em como aquilo se transforma num produto. Na transição do plástico de antigos notebooks para alumínio, Jobs, Cook e Ive participaram de todas as dificuldades, juntos. Hoje em dia, o chefão de design está trabalhando com novos materiais nunca antes utilizados, e afirmou categoricamente que Cook está fundamentalmente envolvido em levar a Apple para novas áreas, utilizando novos materiais.

O designer também disse que tem cerca de três reuniões semanais com Cook e que é difícil ter paciência com investidores e com o público geral sobre as expectativas em torno do próximo grande lançamento da Apple.

Publicidade

É difícil para todos nós sermos pacientes. Foi difícil para o Steve. É difícil para o Tim. Num determinado momento, trabalhando em algo, é sempre difícil manter o foco apenas no produto. Uma das coisas que nos diferencia de alguns dos nossos concorrentes é que nós nos concentramos apenas no produto, em criar bons produtos.

Honestamente, eu não acho que algo mudou. As pessoas [na Apple] se sentem exatamente da mesma maneira de quando estávamos trabalhando no iPhone.

Resumindo: Jobs se foi e, mesmo dois anos e meio depois, muitas pessoas ainda duvidam da capacidade de inovação da empresa. Todavia, basta vermos a chegada de algum novo produto — numa nova categoria — como um “iWatch” ou uma Apple TV renovada para que as coisas “voltem aos seus devidos lugares”.

Claro, eu não sou ingênuo ao ponto de achar que toda essa desconfiança sumirá assim que esse novo produto for lançado, afinal, o iPod, o iPhone e o iPad chegaram ao mercado cercados de desconfiança e descrença. Mas a gente sabe exatamente como essas histórias terminaram. Alguém realmente acredita que com o “iWatch” será diferente?

Ver comentários do post

Artigo Anterior
Capa do single "Our Love"

Single da semana: "Our Love", da cantora e compositora Sharon Van Etten

Próximo Artigo
Ícone - Parallels Access

Parallels Access agora dá acesso a Macs/PCs remotamente também via iPhones/iPods touch

Posts Relacionados