O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Amazon confirma rumores e lança o Fire Phone

Amazon Fire Phone

Os rumores mais uma vez se mostraram certos: hoje, como esperado, a Amazon.com lançou o seu smartphone, intitulado Fire Phone.

Publicidade

Especificações

O aparelho mede 139,2×66,5×8,9mm, pesa 160 gramas, conta com um processador Snapdragon 800 de quatro núcleos rodando a 2,2GHz, com GPU Adreno 330, 2GB de RAM, tela de 4,7 polegadas com uma resolução de 1280×720 pixels (315ppp), câmera traseira de 13 megapixels (com multi-frame, foco automático, estabilização de imagens, flash e abertura de f/2.0) e câmera frontal de 2,1 megapixels.

Amazon Fire Phone

O sistema operacional é o Fire OS 3.5 (uma adaptação do Android feita pela Amazon) e o aparelho conta com duas versões distintas, uma de 32GB de armazenamento e outra de 64GB. Todavia, os conteúdos comprados em lojas online da empresa e as fotos tiradas com o próprio aparelho são armazenadas de forma gratuita na nuvem. A bateria tem 2.400mAh, o que representa cerca de 22 horas de uso; 285 horas em modo espera; 11 horas de reprodução de vídeos; ou 65 horas de reprodução de áudio.

Publicidade

As câmeras (tanto traseira quanto frontal) conseguem gravar vídeos em Full HD 1080p a 30 quadros por segundo e o alto-falante do aparelho é estéreo, Dolby Digital Plus. O smartphone conta ainda com sensores de perspectiva dinâmica, iluminação infravermelha, giroscópio, acelerômetro, magnetômetro, barômetro, sensor de proximidade e iluminação ambiente, além de GPS, bússola digital, conectividade 3G/4G, Wi-Fi (802.11a/b/g/n/ac), Bluetooth 3.0, NFC e uma porta Micro-USB 2.0.

Mas como a gente sempre fala, especificações sozinhas não valem nada e o que importa mesmo é o que o aparelho é capaz de fazer. Sobre isso, a Amazon trouxe algumas novidades interessantes para o mercado – outras questionáveis, eu diria.

Perspectiva dinâmica

Amazon Fire Phone

Sabe o efeito paralaxe do iOS 7? A perspectiva dinâmica do Amazon Fire Phone é basicamente a mesma coisa, porém bastante potencializada. Há uma imersão bem mais real, com um ar totalmente 3D.

Publicidade

Se todos os apps nativos e criados especificamente para o telefone tirarem proveito disso, há uma boa chance de o recurso se tornar um ótimo diferencial para o aparelho da Amazon.

Tecnologia Firefly

Essa tecnologia é o “Shazam da Amazon”. Basta tocar num botão para descobrir qual música, filme ou série de TV está tocando/passando. Mas o recurso vai além disso. Apontando a câmera para uma capa de revista e apertando o botão, por exemplo, o Firefly mostra exatamente a versão online dela — isso se estende a livros, CDs, DVDs, etc. Se fizer isso num cartão de visitas, o aparelho lhe dá a opção de salvar um novo contato.

Publicidade

Apontou para um cartaz colado na parede com um email e telefone? O sistema reconhece as informações e lhe dá a opção de enviar uma mensagem ou ligar para aquele determinado número. Bem legal!

Mayday

O Mayday é o sistema de suporte da Amazon introduzido com o Kindle Fire HDX.

A empresa promete um atendimento em até 15 segundos, em vídeo (você vê o técnico, mas ele não lhe vê)! Feito o contato, o técnico pode até mesmo desenhar na tela do Amazon Fire Phone, a fim de lhe a ajudar a tirar dúvidas.

Câmera

A promessa da Amazon é de uma ótima câmera que, além das características descritas acima, conta com um HDR (high dynamic range, ou grande alcance dinâmico) automático, fotos panorâmicas, modo lenticular (o qual combina múltiplas imagens numa só) e o modo burst (diversas imagens num curto período de tempo).

Amazon Fire Phone

Clique/toque para ampliar.

Todas as fotos tiradas com o telefone são automaticamente becapeadas no Cloud Drive (serviço na nuvem da Amazon) e, para completar, a câmera pode ser ativada rapidamente através do botão Firefly.

Atalhos

Aqui, a parte questionável que eu comentei.

Inclinando o aparelho, o usuário tem acesso aos painéis (esquerdo para acessar o menu e direito para acessar informações úteis e alguns atalhos, como anexar fotos numa mensagem de texto, visualizar letras de música e mais).

Girando o telefone, se tem acesso às notificações importantes e ações rápidas como o Mayday, a lanterna, configurações e mais.

A probabilidade de você ativar algo sem querer através desses atalhos é grande, mas nada que se compare a esse que comentarei agora: inclinando o aparelho, o telefone faz uma rolagem automática do texto que você está lendo. Estou dando uma opinião aqui de orelhada, já que não testei o aparelho, mas as chances de isso irritar o usuário (rolando o texto quando ele não quer) são simplesmente enormes! E vamos combinar que, independentemente do tamanho do aparelho — com uma tela de 4,7 polegadas o Amazon Fire Phone nem é dos maiores —, a coisa mais fácil de fazer é rolar o texto para cima ou para baixo com uma mão só. Por conta disso, achei esse atalho pra lá de bobo.

Integração com os serviços da Amazon

Sem dúvida nenhuma, um ponto forte do aparelho é a integração com os serviços da Amazon — algo similar ao que vemos em iGadgets, que são completamente integrados aos serviços da Apple. A tecnologia Firefly deve ser ótima para quem adquire todos os tipos de conteúdo na Amazon.

Quem adquirir o aparelho ainda ganha um ano de Amazon Prime, serviço que dá direito a frete grátis com entrega em dois dias para milhões de itens à venda na Amazon, além de streaming ilimitado de programas de TV, filmes e músicas.

O problema é que a Amazon praticamente ainda não existe no Brasil — por aqui, ela vende ebooks e… só! —, então essa integração é inútil para brasileiros, ao menos por enquanto.

Preços e disponibilidade

O produto está em pré-venda pelo site da Amazon, com data de entrega prevista para 25 de julho. O modelo de 32GB sai por US$200 atrelado a um plano de voz/dados; o desbloqueado custa US$650 — o modelo de 64GB fica por US$100 a mais.

Ver comentários do post

Artigo Anterior
Novo(a) logo/logotipo/marca da MyStore

↪ Duas novas MyStores serão inauguradas nesta sexta-feira, uma no Rio de Janeiro e a outra no Recife [atualizado: Jaboatão dos Guararapes]

Próximo Artigo
Bloqueio de Ativação

↪ Recurso Bloqueio de Ativação ajudou a diminuir o roubo de iPhones em algumas cidades

Posts Relacionados