Apple publica nova página detalhada de privacidade com direito a carta do CEO Tim Cook

Em meio a polêmicas sobre insegurança e vazamento de dados, a Apple publicou hoje uma nova página detalhada sobre privacidade em seu site. Logo na capa, há uma carta do CEO Tim Cook.

Publicidade

Apple e privacidade

Confira-a a seguir, em tradução livre do MacMagazine:

Uma mensagem de Tim Cook sobre o comprometimento da Apple com a sua privacidade.

Na Apple, sua confiança significa tudo para nós. É por isso que nós respeitamos a sua privacidade e a protegemos com criptografia forte, além de políticas rígidas que orientam como todos os seus dados são gerenciados.

Segurança e privacidade são fundamentais no design de todos os nossos hardwares, softwares e serviços, incluindo o iCloud e novos serviços como o Apple Pay. E nós continuamos a realizar melhorias. Verificação em duas etapas, a qual recomendamos que todos os nossos clientes usem, além de proteger as informações de conta do seu ID Apple agora também protege todos os dados que você armazena e atualiza no iCloud.

Nós acreditamos em lhe dizer em primeira mão sobre o que irá acontecer às suas informações pessoais e em pedir a sua permissão antes de você as compartilhar conosco. E se você mudar de ideia depois, nós facilitamos você parar de compartilhar conosco. Todos os produtos Apple são desenhados em volta desses princípios. Quando nós pedimos para usar seus dados, é para lhe prover uma melhor experiência de uso.

Estamos publicando este website para explorar como lidamos com suas informações pessoais, o que coletamos e não coletamos, e por que. Garantiremos que você esteja sempre atualizado aqui sobre privacidade na Apple, pelo menos uma vez ao ano e sempre que houver mudanças significativas em nossas políticas.

Há alguns anos, usuários de serviços de internet começaram a perceber que, quando um serviço online é gratuito, você não é o cliente. Você é o produto. Mas na Apple, nós acreditamos que uma boa experiência de consumidor não deve ser comprometida pela sua privacidade.

Nosso modelo de negócios é bem direto: nós vendemos ótimos produtos. Nós não construímos um perfil baseado no conteúdo dos seus emails ou hábitos de navegação na web para vender a anunciantes. Nós não “monetizamos” a informação que você armazena no seu iPhone ou no iCloud. E nós não lemos seus emails ou suas mensagens para obter informações e vendê-las para você. Nossos softwares e serviços são desenhados para tornar nossos dispositivos melhores. Simples e diretamente.

Uma parte bem pequena do nosso negócio trabalha, sim, com anunciantes, e essa é o iAd. Nós construímos uma rede de publicidade porque alguns desenvolvedores de apps dependem desse modelo de negócios, e nós queremos lhes apoiar além de [oferecer] um serviço iTunes Radio gratuito. O iAd segue a mesma política de privacidade que se aplica a qualquer outro produto Apple. Ele não obtém dados do Saúde e HomeKit, Mapas, Siri, iMessage, seu histórico de chamadas, ou qualquer outro serviço do iCloud como Contatos ou Mail, e você sempre pode discordar de tudo.

Finalmente, eu quero ser absolutamente claro que nós nunca trabalhamos com nenhuma agência governamental de qualquer país para criar um backdoor em quaisquer de nossos produtos ou serviços. Nós também nunca permitimos acesso aos nossos servidores. E nunca iremos permitir.

Nosso comprometimento em proteger a sua privacidade vem de um profundo respeito aos nossos clientes. Nós sabemos que a sua confiança não se conquista facilmente. É por isso que nós sempre trabalhamos duro e continuaremos trabalhando da melhor forma que pudermos para conquistá-la e mantê-la.

Tim

No novo site, a Apple também tem páginas falando sobre a privacidade inclusa em seus produtos, orientações de como gerenciar a sua privacidade e um detalhamento sobre as solicitações governamentais.

Em um PDF específico sobre a segurança do iOS, a Apple também deixa claro que, a partir da versão 8 do seu sistema operacional móvel, nem que a Maçã quisesse ela conseguiria acessar dados criptografados por iGadgets. Ou seja, não é nem uma questão de ela ser mais obrigada a alguma agência governamental; simplesmente não é possível.

A Apple também publicou uma política de privacidade atualizada, a qual já está disponível em português. O resto do site deverá ser traduzido em breve.

Posts relacionados

Comentários