Fortune elege Larry Page como o homem de negócios do ano; Tim Cook fica em segundo

Larry Page

A tradicional revista Fortune colocou Larry Page (do Google) no primeiríssimo lugar do seu Top 50 como o CEO mais ambicioso do mundo, batendo Tim Cook (da Apple).

Publicidade

Larry Page

Eis um trecho do artigo que traz muitas informações sobre Page e Google como um todo:

Quase quatro anos depois de sua posse, Page se mostrou ser o CEO mais ousado do mundo. Seus fabulosos “tiros na lua” agora são lançados com regularidade. Qualquer um deles poderia mudar a vida de bilhões e ajudar o Google a se manter na crista da tecnologia por gerações. Improvavelmente, Page construiu sua fábrica do futuro mantendo o negócio multibilionário do Google e posicionando a empresa para um papel dominante na era dos wearables, carros e casas conectadas à internet. Em um mundo onde só os paranoicos sobrevivem, Page redefiniu paranoia em ambição sem limites.

Tim Cook

Agora, o trecho que fala de Cook:

Publicidade

Substituir uma lenda é um exercício cheio de perigos. No entanto, três anos após assumir a empresa de Steve Jobs, está se tornando cada vez mais claro que Tim Cook sabe o que está fazendo como CEO da Apple. As ações da empresa estão no ponto mais alto. Vendas estrondosas dos iPhones maiores e o entusiasmo renovado para computadores Mac estão compensando a desaceleração do crescimento dos iPads. A vinda do Apple Watch e o serviço Apple Pay, que já foi lançado, mostram que a Apple continua sendo uma empresa inovadora, mesmo sob um CEO mais conhecido por proezas operacionais do que aficionado de produtos. Cook atingiu os maiores rankings de gestão da Apple com relativamente pouco rancor. A empresa permanece secreta, mas tem um cheiro de abertura. E, com a compra dos fones e do serviço de streaming de músicas da Beats, a Apple está invertendo a aversão de Jobs para fusões e aquisições com preços altos. O perfil tranquilo de Cook ainda roubou as atenções por ter se tornado o primeiro presidente assumidamente gay na Fortune 500. A luz ainda brilha na suíte executiva da Apple, mesmo sem o empresário lendário que a acendeu em primeiro lugar.

A lista completa — que inclui nomes como Bob Iger (Disney; 6º lugar), Jack Ma (Alibaba; 10º lugar), Mark Zuckerberg (Facebook; 13º lugar), Elon Musk (Tesla; 18º lugar), Jeff Bezos (Amazon.com; 25º lugar), Mark Parker (Nike; 26º lugar), Reed Hastings (Netflix; 37º lugar), Satya Nadella (Microsoft, 38º lugar), Robin Li (Baidu; 39º lugar), Brian Chesky (Airbnb; 44º lugar), Travis Kalanick (Uber, 48º lugar) e Nick Woodman (GoPro; 50º lugar) — pode ser vista aqui.

[via 9to5Mac]

Posts relacionados

Comentários