O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Viajando com o seu iGadget: Moscou!

Moscou

привет Уважаемые пассажиры!

Publicidade

Continuando com a nossa série “Viajando com o seu iGadget — que já passou por Roma, Orlando, Nova York e Paris — chegou a vez da gélida (no inverno) Moscou!

A photo posted by Marcelo Melo (@marcelomelo) on

Já adianto: se você espera encontrar pessoas falando inglês e/ou sinalização para turistas na Rússia, esqueça! A coisa não é tão simples assim (no início assusta), mas depois você pega o jeito e percebe que não é esse monstro todo.

Publicidade

De início, recomendo fortemente o aplicativo abaixo, com algumas das frases mais básicas em russo. Ele funciona sem a necessidade de internet e pode ser um ótimo quebra-galho.


Ícone do app Learn Russian - Phrasebook
Learn Russian - Phrasebook de APPOXIS PTE. LTD.
Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 4.1 (68.1 MB)
Requer o iOS 9.0 ou superior
GrátisBadge - Baixar na App Store Código QR Código QR
Screenshot do app Learn Russian - PhrasebookScreenshot do app Learn Russian - PhrasebookScreenshot do app Learn Russian - PhrasebookScreenshot do app Learn Russian - PhrasebookScreenshot do app Learn Russian - Phrasebook

Para transporte, o ideal é um estudo básico do alfabeto cirílico, pois algumas estações de metrô na capital só possuem caracteres nesse formato.

Alfabeto Cirílico

A photo posted by Marcelo Melo (@marcelomelo) on

Estude um pouco o mapa do metrô antes de chegar ao país. A partir de qualquer aeroporto é possível pegar um trem expresso (Aeroexpress) com ligação às estações de metrô. Tanto o trem quanto *todos* os vagões do metrô contam com Wi-Fi gratuito — mesmo naqueles que são composições ainda da era da União Soviética!

Publicidade

Uma coisa interessante das estações de metrô é que muitas delas são verdadeiras obras de arte:

A photo posted by Marcelo Melo (@marcelomelo) on

Outro destaque fica por conta da profundidade impressionante das estações, com acesso rápido através de gigantescas escadas rolantes:

A photo posted by Marcelo Melo (@marcelomelo) on

Por cerca de 180 rublos (~R$8) é possível fazer 5 viagens. Os cartões podem ser comprados em máquinas automáticas — com suporte ao inglês — que aceitam tanto cartões de crédito quanto dinheiro em espécie.

Agora, cuidado com o nome das estações — muitas delas são parecidíssimas! Para ajudar na locomoção:


Desculpe, app não encontrado.

·   ·   ·

Moscow Pass

Se você deseja economizar tempo e dinheiro nas atrações, existe o Passe Moscou (Moscow Pass). Semelhante ao modelo de outras cidades do mundo, o cartão é um misto de mapa/guia de atrações e ingresso, permitindo o acesso em mais de 50 atrações da capital russa como o Catedral de São Basílio, por um valor fixo. Eis os preços:

  • 1 dia: €30 (cerca de R$100);
  • 2 dias: €70 (cerca de R$230);
  • 5 dias: €90 (cerca de R$295).

Por não ter algumas das atrações principais, como o Kremlin, e não possuir nenhuma vantagem em relação a transporte na cidade, recomendo uma avaliação bem criteriosa antes da compra.

·   ·   ·

Para encontrar as atrações sem o uso de internet, recomendo a linha de aplicativos da Triposo:


Desculpe, app não encontrado.

Com suporte a mapas offline, rotas e diversas informações, além de fotos das atrações da cidade, é um companheiro fantástico para desbravar a cidade! Gratuito, ele conta com compras internas (In-App Purchases) que aumentam ainda mais os recursos.

A photo posted by Marcelo Melo (@marcelomelo) on

Espero que tenham gostado das dicas. Boa viagem e até a próxima! 😉

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Mockup da iPro com o Apple Watch

↪ Mockup vislumbra como seria a "iPro", uma câmera da Apple para concorrer com a GoPro

Próximo Artigo
BOOM Swimmer

Conheça a BOOM Swimmer, uma caixa de som à prova d'água totalmente versátil!

Posts Relacionados