O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Negócio

Apple estaria pressionando gravadoras para acabar com os serviços gratuitos de músicas

Se você nos acompanha, sabe que a Apple pretende lançar na WWDC o seu novo serviço de streaming de músicas que substituirá o Beats Music. Esse novo serviço seria totalmente pago (em torno de US$8 mensais), então ficará difícil para a Apple competir com os modelos freemium (de graça, com propagandas; ou pago, sem anúncios) que o Spotify e outros serviços oferecem.

Publicidade

Pois de acordo com o The Verge, a Apple sabe muito bem disso e está usando toda a sua influência em cima das gravadoras para que elas forcem esses serviços a abandoarem de vez a opção gratuita. Para termos uma ideia do que isso representa, o Spotify, por exemplo, tem hoje cerca de 60 milhões de usuários; “apenas” 15 milhões deles pagam pelo serviço.

A investida da Apple seria tão agressiva para acabar com esses serviços gratuitos que ela estaria se dispondo a pagar as taxas de licenciamento de músicas do YouTube para a Universal Music Group, desde que o grupo pare de permitir que as músicas sejam reproduzidas no serviço do Google.

Se a Apple conseguir convencer as gravadoras, seu novo serviço de streaming de músicas com certeza terá um desempenho bom no lançamento; por outro lado, tanto o Departamento de Justiça dos EUA (que já tem um representante de olho na Apple por conta de problemas envolvendo o mercado de ebooks) quanto a Comissão de Concorrência da União Europeia estão de olho na Maçã.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Washington

Ofertas do dia na App Store: Today In History, WolframAlpha, teggle e mais!

Próximo Artigo
Apple TV de segunda geração sem YouTube

App do YouTube some de Apple TVs de segunda geração

Posts Relacionados