O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Force Touch no iOS

Vídeo-conceito demonstra um dos muitos recursos que o Force Touch poderá realizar no iPhone

Publicidade

Os rumores já dão como certa a implementação da tecnologia Force Touch na próxima geração do iPhone, a qual deverá ser lançada em setembro1.

Lançada no Apple Watch e levada aos trackpads de MacBooks, a tecnologia reconhece se o usuário está tocando ou apertando/pressionando a tela (ou seja, a intensidade do toque) ao utilizar eletrodos minúsculos. Isso cria uma nova dimensão para a interação com o usuário já que possibilita a ativação de uma série de comandos específicos.

Quem tem um Apple Watch sabe, por exemplo, como é prático pressionar fortemente a tela nas notificações e limpar tudo de uma vez só. Particularmente eu acredito que a Apple levará esse recurso ao iOS, mas Maximilian Kiener resolveu compartilhar também uma outra função interessante que o Force Touch poderá desempenhar no smartphone da Apple.

Publicidade

Para ele, o Android ainda leva uma vantagem em relação ao iOS no quesito ajustes já que muita coisa está disponível pela Central de Notificações do sistema operacional do Google. A Apple até implementou a Central de Controle, mas ela ainda é bastante limitada se comparada ao que podemos fazer no Android.

Uma das formas de remediar isso seria justamente utilizar o Force Touch para nos levar diretamente ao ajuste em questão, conforme Kiener demonstrou no vídeo acima. O conceito foi criado utilizando JavaScript, HTML e CSS — tudo que acontece ali na verdade está rodando no Safari, através de um ícone colocado na Tela Inicial para que rode em tela cheia.

Eu também acredito muito que o Force Touch no iOS servirá como atalho para diversos recursos/funções, e você?

[via Cult of Mac]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
iPhones 6 e 6 Plus deitados

"Apple Day": compre iPhones, iPads e Macs (antigos) com descontos!

Próximo Artigo
iMessage no iPhone

Apple se livra de ação coletiva relacionada a suposta falha na rede iMessage

Posts Relacionados