O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Logo da Apple preto sobre alumínio escovado

Apple divulga faturamento de US$51,5 bilhões e lucro de US$11,1 bilhões no seu quarto trimestre fiscal de 2015

A Apple acaba de divulgar seus resultados financeiros referentes ao quarto trimestre fiscal de 2015, finalizado em 26 de setembro.

Publicidade

A companhia revelou um faturamento de US$51,5 bilhões (ela previa, no trimestre passado, US$49-US$51 bilhões) e um lucro líquido de US$11,1 bilhões, ou US$1,96 por ação diluída. Há um ano, esses números foram de respectivamente US$42,1 bilhões, US$8,5 bilhões e US$1,42.

A margem bruta no período foi de 39,9%, contra 38% há um ano e acima do que a Apple previa (entre 38,5% e 39,5%). Vendas internacionais compreenderam 62% de todo o faturamento do trimestre.

De acordo com a Apple, o crescimento foi estimulado por vendas recorde de iPhones num quarto trimestre fiscal, a expansão internacional crescente do Apple Watch e vendas/receitas históricas recorde de Macs em serviços.

Publicidade

Eis os números do trimestre:

  • 48 milhões de iPhones (contra 39,3 milhões há um ano, +22%)
  • 9,9 milhões de iPads (contra 12,3 milhões há um ano, -20%)
  • 5,7 milhões de Macs (contra 5,5 milhões há um ano +3%)

Declaração do diretor executivo (CEO) Tim Cook:

O ano fiscal de 2015 foi o mais bem-sucedido na história da Apple, com a receita crescendo 28% para quase US$234 bilhões. Esse sucesso contínuo é resultado do nosso comprometimento em criar os melhores e mais inovadores produtos no mundo, e é um testamento da tremenda execução das nossas equipes. Estamos indo para o final de ano com a nossa linha de produtos mais forte da história, incluindo o iPhone 6s e o iPhone 6s Plus, o Apple Watch com linhas expandidas de cases e pulseiras, o novo iPad Pro e a totalmente nova Apple TV que começará a ser despachada nesta semana.

E a do diretor financeiro (CFO) Luca Maestri:

Publicidade

Os resultados recordes no trimestre de setembro da Apple levaram o crescimento em ganhos por ação a 38% e o nosso fluxo de caixa operacional a US$13,5 bilhões. Nós devolvemos US$17 bilhões aos nossos investidores durante o trimestre através de recompra de ações e de dividendos, e chegamos agora a mais de US$143 bilhões dos US$200 bilhões do nosso programa de retorno de capital.

Olhando à frente para o primeiro trimestre fiscal de 2016, a Apple espera uma receita entre US$75,5 e US$77,5 bilhões, margem bruta entre 39% e 40%, gastos operacionais entre US$6,3 e US$6,4 bilhões, outras receitas/(despesas) de US$400 milhões e uma taxa de impostos de 26,2%.

O conselho administrativo da Apple declarou um dividendo em dinheiro de US$0,52 por ação comum da companhia, pagável em 12 de novembro a todos os acionistas registrados no fechamento dos pregões da NASDAQ em 9 de novembro de 2015.

Às 19 horas (pelo horário de verão de Brasília), a Apple iniciará uma conferência em áudio para falar e discutir todos esses resultados financeiros. Em breve, publicaremos todos os destaques dela aqui no MacMagazine.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Viber no Apple Watch

Updates recentes na App Store: Viber, Pocket, Para Onde? e mais!

Próximo Artigo
DROID Turbo 2 - ShatterShield

Motorola lança DROID Turbo 2, o primeiro aparelho do mercado com uma tela inquebrável

Posts Relacionados