O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Eddy Cue dá a entender que Apple não tem planos de criar conteúdos próprios para TV [atualizado]

Hoje mais cedo destacamos uma entrevista com Phil Schiller, mas outro executivo da Apple também falou com a imprensa nesta semana. Foi Eddy Cue (vice-presidente sênior de softwares e serviços de internet), que apresentou a nova Apple TV à CNN.

Publicidade

Neste primeiro vídeo, Cue — com a ajuda de uma assistente — basicamente apresenta as novidades da nova Apple TV ao repórter Brian Stelter:

O executivo confirma que a Apple TV não é mais considerada um “hobby” para a companhia e que já há hoje mais de 20 milhões de unidades sendo usadas por aí.

Publicidade

Acho que queremos levar à TV o que é o mundo é hoje, que é poder fazer coisas interativas, poder buscar coisas bem facilmente — ações que estamos acostumados a fazer em nossos telefones e iPads, mas não podíamos realizar em nossas TVs.

Já o segundo vídeo é mais interessante:

Stelter questiona Cue sobre os rumores de a Apple vir a criar conteúdos próprios para TV, tal como fazem hoje Netflix e Hulu.

Publicidade

Não, amamos trabalhar com nossas parceiras. Nós somos ótimos com tecnologia, eles em criar conteúdo. Achamos que isso é uma ótima parceria a se ter.

Cue também admitiu que, por enquanto, a Apple TV é um complemento às set-top boxes de programação a cabo ou via satélite, visto que boa parte dos canais de TV abertos e fechados ainda não está na Apple TV.

A nova Apple TV começou a ser vendida na última segunda-feira, inclusive no Brasil.

[via The Loop]

Atualização · 09/11/2015 às 16:47

Em uma outra parte da entrevista, Cue apresentou o iPad Pro (que começará a ser vendido nesta quarta-feira, 11 de novembro):

Publicidade

O repórter claramente aproveitou que Cue estava ali para falar do produto, porque ele definitivamente não é a pessoa certa para isso — e sim Phil Schiller, vice-presidente sênior de marketing mundial, ou até mesmo o próprio Tim Cook. Cue foi justamente no caminho oposto do que a Apple prega para o iPad Pro, que é o de ser uma excelente ferramenta para criação de conteúdos, e não apenas de consumo (ainda mais emails, heh).

É tão estranho que ele nem sequer cita o Apple Pencil…

[via The Loop]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Apple Store, Mall of the Emirates

Apple chega com tudo aos Emirados Árabes Unidos e inaugura duas lojas em um único dia

Próximo Artigo
iPad Pro deitado e de lado com mão segurando o Apple Pencil

Apple Pencil terá acessório para facilitar o recarregamento; treinamento do iPad Pro já começou

Posts Relacionados