O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Meu Dock, meus apps essenciais

Fiz isso pela primeira vez em setembro de 2010, depois em dezembro de 2012. Agora, o leitor Leandro Romano me lembrou que seria uma boa hora de dar um update a vocês sobre o meu Dock no OS X.

Publicidade

Meu Dock

Clique/toque para ampliar.

Eis os meus apps essenciais atualmente, da esquerda para a direita:

  • Finder: nada a falar do gerenciador de arquivos do sistema.
  • Google Chrome: nestes últimos anos cheguei a experimentar e usar por um certo tempo tanto o Safari quanto o Firefox, mas ainda continuo mais bem adaptado a ele no geral.
  • Pocket: meu serviço de “read it later” preferido. É onde guardo todos os links que deixo para ver mais tarde.
  • Mail: quase não merecia espaço no meu Dock, visto que só uso com a minha conta do iCloud. Meus emails principais acesso todos pelo browser mesmo, via Gmail e Google Apps.
  • Contatos: na teoria eu deveria organizar meus contatos todos pelo próprio Gmail, mas a integração do OS X com o iOS nesse caso mata. Gosto também da interface simples dele.
  • Notas: não é um app que abro todo santo dia, mas acho perfeito para rápidas anotações e ele sem dúvida ficou ainda melhor na dupla OS X El Capitan + iOS 9 — principalmente no quesito sincronização via iCloud.
  • Fantastical: acho bem superior e mais bacana que o app Calendário nativo do OS X.
  • Slack: é o software/serviço que utilizamos atualmente para toda a comunicação interna entre a equipe do site. Simplesmente excelente!
  • Tweetbot: há muito tempo, o meu cliente de Twitter preferido em todas as plataformas.
  • Wunderlist: meu organizador de tarefas, tanto pessoais quanto profissionais. É por ele, também, que organizamos todas as pautas pendentes aqui para o site em uma lista compartilhada.
  • Mensagens: dispensa apresentações, uso muito a rede iMessage da Apple.
  • Skype: um mal necessário, devido à sua popularidade. Apesar de ainda ser relativamente bom, acho que a qualidade dele caiu bastante nos últimos anos desde a aquisição da Microsoft.
  • Telegram: meu comunicador preferido da atualidade. Sempre dou preferência a ele quando vejo que a pessoa com a qual eu quero falar está lá.
  • FaceTime: outro app que não chego a usar diariamente, mas precisa estar sempre em mãos. Para mim, o próximo grande salto dele deveria ser suporte a chamadas com múltiplos participantes.
  • iTunes: preciso falar alguma coisa?
  • QuickTime Player: gosto de tê-lo no Dock porque faço muitas gravações de tela e/ou de áudio, bem como gosto de arrastar certos tipos de arquivo para o ícone e ter certeza de que serão abertos por ele.
  • Adobe Photoshop: já testei outros, mas continua sendo o meu editor gráfico preferido.
  • Adobe Lightroom: há anos migrei para ele, é onde organizo e edito todas as minhas fotografias.
  • ImageOptim: apesar de eu otimizar imagens quando as exporto pelo Photoshop, sempre passo também por este simples utilitário antes de mandar aqui para o site. Em alguns casos, a redução no tamanho dos arquivos é absurda.
  • Fotos: enquanto eu uso o Photoshop Lightroom para as fotografias da minha DSLR, é pelo Fotos que organizo todas as fotos do iPhone/iPad graças à sincronização pela Biblioteca do iCloud.
  • Pré-Visualização: análogo ao QuickTime, só que para imagens.
  • Editor de Texto: o Notas me satisfaz para anotações rápidas, mas para rascunhos de textos maiores e afins ainda prefiro ele.
  • Coda: meu editor de códigos predileto, super-agradável de usar e poderoso.
  • Transmit: colega do Coda, da mesma desenvolvedora, para uso de (S)FTP.
  • GitHub Desktop: utilitário para deployment de códigos do nosso site.
  • 1Password: certamente o melhor gerenciador de senhas e informações pessoais/confidenciais que existe, uso demais em todas as plataformas. Está sempre evoluindo e a interface é bem polida.
  • Calcbot: calculadora bem superior à nativa do OS X, com um visual moderno, histórico, expressões matemáticas, conversor de unidades, sincronização via iCloud… recomendo demais.
  • App Store: é por ela que baixei vários dos acima listados. 😛
  • Preferências do Sistema: para mim, tem que estar sempre à mão.
  • Pasta Transferências: é para onde vai tudo o que eu baixo, assim sei que se há algo ali é que está pendente/ainda não olhei. No geral, costuma estar vazia.
  • Lixo: adoro limpá-lo, hehe.

E o de vocês, como é? Comentem abaixo! 😉

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Tamanhos de iPhones lado a lado com modelo de 4 polegadas

Analista aposta em novo iPhone de 4 polegadas no começo de 2016; “iPhone 7 Plus” trará chip A10 e 3GB de RAM

Próximo Artigo
Quadrinhos dos termos e condições do iTunes

Artista pega termos e condições do iTunes e os transforma em quadrinhos com Steve Jobs

Posts Relacionados