O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Descoberto novo malware para iOS que ataca usuários na China

Apesar de o iOS ser considerado um sistema robusto e bastante seguro, um novo Cavalo de Troia foi descoberto ontem capaz de infectar o iOS sem jailbreak, afetando usuários da China. Apelidado de AceDeceiver (algo como “Enganador Campeão”) pelos pesquisadores, o Trojan Horse utiliza falhas no FairPlay da Apple, que transmite conteúdos os quais são enviados para iPhones, iPads e Apple TVs utilizando o protocolo HTTP.

Publicidade

Funcionamento do malware AceDeceiver, para iOS

Os desenvolvedores do malware enviaram três aplicativos que foram aprovados na App Store e que serviram como iscas para fornecer aos atacantes a oportunidade de obterem códigos de certificados da Apple. Com isso, eles foram capazes de criar um cliente da iTunes, disponível para sistemas Windows, que disponibiliza aplicativos piratas diretamente dos computadores dos crackers. O cliente pirata promete efetuar backups dos aparelhos dos usuários e instala uma loja alternativa de apps no iOS. A partir dela, usuários podem instalar aplicativos piratas — dando a oportunidade aos atacantes de instalar softwares maliciosos nos aparelhos.

Exemplificando o funcionamento do app instalado no iOS pelo malware

Mesmo a Apple removendo os aplicativos que serviram como iscas ainda em fevereiro deste ano, todo o acontecido bastou para que os crackers conseguissem acesso aos aparelhos e muitos dados podem ter sido roubados — nessa loja alternativa de aplicativos baixada nos aparelhos iOS, alguns dados eram solicitados aos usuários como IDs Apple e senhas, que podem ser utilizados para acessar as contas dos usuários. Os ataques ainda permanecem ativos mesmo com a correção da falha, pois os atacantes ainda possuem os dados dos usuários e não necessitam mais dos certificados da Apple para continuar operando; o grande problema aqui, segundo pesquisadores, é o risco de o Trojan se espalhar para outras regiões.

Publicidade

Para os usuários que efetuaram o download desse cliente infectado do iTunes e de aplicativos dessa loja pirata de apps, é recomendável removê-los imediatamente e alterar suas senhas do ID Apple. Além da dica de que devemos ter cuidado com aplicativos que prometem e permitem a pirataria, procurando sempre utilizar aplicativos da App Store, também é indicada a leitura do artigo feito por pesquisadores da Palo Alto Networks, que descobriram o malware e explicam detalhadamente o seu funcionamento (texto em inglês).

[via: MacRumors]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Suposta caixa do iPhone SE

Suposta embalagem do "iPhone SE" confirma alguns rumores sobre o aparelho [atualizado]

Próximo Artigo
Martelo de juiz

Tribunal alemão decide que Apple violou patentes de streaming da OpenTV

Posts Relacionados