O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Tim Cook na Apple Regent Street

Na Inglaterra, Tim Cook dá entrevista tocando em assuntos polêmicos como notícias falsas e Brexit

Cá estamos nós mais uma vez relatando as aventuras do CEO mais corajoso das galáxias no outro lado do atlântico. Tim Cook continua o seu tour pela Europa, desta vez desembarcando em Londres para visitar alguns pontos de interesse na capital inglesa e, claro, dar o ar da graça em uma das mais célebres lojas da Apple — além de conceder uma entrevista com opiniões acerca de alguns dos assuntos mais quentes (e polêmicos) da atualidade.

Publicidade

Como já destacamos nas nossas redes sociais, Cook reuniu-se com a primeira-ministra britânica Theresa May e com o prefeito de Londres Sadiq Khan para discutir uma série de questões pertinentes à atuação e ao desenvolvimento da Apple em território inglês.

Ele também fez uma visita ao pessoal da ustwo games, criadora do fantástico jogo para iOS Monument Valley.

O CEO aproveitou para ir à célebre galeria Tate Britain e, como poderia deixar de ser, foi fazer uma visita à famosa — e recentemente reinaugurada após uma ampla reformaApple Regent Street1.

Publicidade

O curador Chris Stephens e @tim_cook vivenciam a obra de arte digital de #Hockney no Tate Britain

A parte mais interessante, entretanto, ocorreu enquanto Cook visitava a Woodberry Down Primary School.

Publicidade

A @woodberrydownN4 está fazendo um trabalho inspirador ensinando desenvolvimento com Swift Playgrounds! Ansioso pelo futuro que esses estudantes irão criar.

O CEO concedeu uma breve entrevista ao jornalístico Good Morning Britain, e um dos tópicos da conversa foi a proliferação das chamadas notícias falsas (fake news), que ganharam o mundo durante a última eleição dos Estados Unidos — e, segundo alguns, deram aquela ajudinha extra para que Donald Trump acabasse vencendo o pleito.

Embora a Apple não tenha muito a ver com o assunto — são empresas mais focadas no aspecto social, como o Facebook, que estão reunindo esforços para diminuir a influência das notícias falsas —, Cook opinou que trata-se de “um dos maiores problemas dos dias atuais”, afirmando que as empresas precisam “dar ao consumidor as ferramentas para acabar com isso” sem perder o caráter aberto da internet”.

Publicidade

Cook falou também sobre o Brexit, as suas perspectivas sobre o futuro do Reino Unido e da atuação da Apple na nação após a sua polêmica saída da União Europeia. O executivo disse estar “bastante otimista” sobre o horizonte da terra da Rainha e acredita que por lá “tudo ficará bem, mesmo com alguns prováveis obstáculos no caminho”, fazendo questão ainda de destacar que as iniciativas de inovação e crescimento da Apple mantêm, hoje, quase 300 mil empregos só no Reino Unido — com a inauguração do novo campus na usina de Battersea, este número tem tudo para crescer ainda mais.

EXCLUSIVO: Tim Cook, chefe da Apple, disse ao #GMB que a empresa está comprometida com o futuro da Grã-Bretanha fora da UE, dizendo “o Reino Unido vai ficar bem”.

Eu não sei vocês, mas aos meus olhos — independentemente das avaliações de cada um sobre o seu desempenho como CEO —, Cook parece ser um cara para lá de legal.

[via MacRumors]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
F2 Flash Drive, da ROCK

F2 Flash Drive, kit ventilador e lanterna, organizador de cabos… confira os lançamentos da semana na MM Store!

Próximo Artigo
FTL: Faster Than Light

Ofertas do dia na App Store: FTL: Faster Than Light, Ikaro Racing HD, Ikaro Racing HD : Air Master, Music Tag Edit e mais!

Posts Relacionados