O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Lembre-se de enviar suas mensagens com o app Scheduled para iPhone

É praticamente impossível contar nos dedos das mãos as vezes que lembrei de enviar uma mensagem para alguém mas já era tarde (ou cedo) demais e poderia perturbar a pessoa, ou simplesmente não era a hora de enviar ainda — o aniversário de alguém não tinha chegado, por exemplo.

Publicidade

Nessas situações, muitas vezes apenas deixamos para lá (e, quando devemos enviar, acabamos esquecendo) ou anotamos em algum lugar aleatório e também esquecemos. Um recurso que seria muito desejado em aplicativos de mensagens seria a possibilidade de agendarmos as nossas mensagens — seria incrível, não é? Porém, enquanto não temos isso ainda, que tal utilizar o aplicativo Scheduled para facilitar o trabalho?


Ícone do app Scheduled - Mensagens do plano
Scheduled - Mensagens do plano de Scheduled B.V.
Compatível com iPhones
Versão 1.39 (39 MB)
Requer o iOS 13.0 ou superior
GrátisBadge - Baixar na App Store Código QR Código QR
Screenshot do app Scheduled - Mensagens do planoScreenshot do app Scheduled - Mensagens do planoScreenshot do app Scheduled - Mensagens do planoScreenshot do app Scheduled - Mensagens do planoScreenshot do app Scheduled - Mensagens do planoScreenshot do app Scheduled - Mensagens do plano

Este app permite que você selecione qualquer pessoa em sua lista de contatos, escreva uma mensagem e selecione uma data e horário para envio — e é só! Aliás, ele não envia as mensagens de fato, apenas lhe lembra de enviar. Quando você recebe a notificação e toca nela, a única coisa que precisa fazer é escolher um mensageiro para enviar a mensagem.

Ele está todo em inglês, mas não há problemas se você não souber o idioma, já que as opções são bem simples. Primeiro, você toca no ícone de escrever nova mensagem (parecido com o do Mail); tocando no primeiro campo (“To Whom?”), você escolhe em sua lista de contatos para quem quer enviar a mensagem. No segundo campo (“Your Personal Message”), você escreve sua mensagem da forma que quiser. Logo abaixo, ao tocar em “When”, aparece o familiar carrossel para escolher o dia e a hora que você deseja enviar a mensagem (se o seu aparelho estiver em português, o carrossel estará também, felizmente). Por fim, você pode selecionar ou não a opção “Repeat Next Year?” (“Repetir no próximo ano?”) — ótimo para lembrar de aniversários ou algum tipo de comemoração recorrente. Para finalizar, escolha “Schedule Message”.

Publicidade

Na página inicial, o app lhe mostrará uma lista com as mensagens agendadas, que só sumirão quando forem efetivamente enviadas. Outra opção superbacana é a de importar aniversários: toque na engrenagem no canto esquerdo do app e escolha “Import birthdays”; então, todos os seus contatos com seus aniversários cadastrados aparecerão na lista inicial, já configurada com a mensagem “Feliz Aniversário 🎉🎈” (sim, em português) para ser enviada anualmente à meia-noite daquela data.

Os principais mensageiros já estão presentes no app (WhatsApp, iMessage, Telegram, Twitter e até chamada de voz), mas logo também serão adicionados LinkedIn e Slack. Uma integração para o Apple Watch e suporte ao Android também estão nos planos da empresa.

A opção de enviar automaticamente as mensagens é algo que muitos pedem, mas um dos criadores, Robert Keus, contou ao TechCrunch que a plataforma da Apple não facilita isso, além de não ajudar na interação entre pessoas.

Nós estamos investigando as opções [para envio automático], mas é difícil do ponto de vista técnico. E nosso conceito é apoiar as pessoas a serem atenciosas. Se tivermos o envio automático, as pessoas podem vir a agir como robôs.

Você pode baixar o Scheduled gratuitamente na App Store e ter até três mensagens na fila. Se quiser usufruir de mensagens ilimitadas, é preciso pagar US$1 para isto. O app é bem simples, mas pode ser realmente uma mão na roda.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Twentieth Anniversary Macintosh (TAM)

Estes são os 5 produtos mais caros que a Apple já vendeu

Próximo Artigo
MacBook Pro com pouca bateria

Teste com baterias de notebooks mostra que, com exceção da Apple, fabricantes não cumprem o prometido

Posts Relacionados