O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Mais dinheiro: executivos da Apple recebem mais de US$13 milhões cada em ações restritas

Lideranças da Apple

Chegou aquela hora de, mais uma vez, nos depreciarmos com a ostentação dos executivos da Apple. Isso porque oito deles novamente tiveram uma parcela das ações restritas da empresas disponibilizadas ontem (4/4), pelo que consta nos documentos da SEC1.

Publicidade

Seis executivos da Maçã receberam, cada um, 94.010 ações ordinárias: Jeff Williams, Bruce Sewell, Phil Schiller, Eddy Cue, Craig Federighi e Dan Riccio. Os valores são referentes ao plano de incentivo da Apple acordado em 3 de março e 17 de outubro de 2014. Respectivamente, o montante de ações restritas para cada dia foi de 53.056 e 40.955, valendo, no total, US$13,6 milhões. Além disso, Cue também comprou 236 ações ordinárias da Apple em 31 de janeiro de 2017, de acordo com o ESPP2 da empresa.

Angela Ahrendts e Luca Maestri também tiveram as ações restritas de outubro de 2014 disponibilizadas — US$6 milhões para cada um.

Como sempre, desses montantes, a Apple reteve 46.214 das ações recebidas por Cue, Schiller, Federighi, Riccio, Williams e Sewell a fim de satisfazer as leis fiscais. De Ahrendts e Maestri, a empresa reteve 20.648 (de cada). Para o fundo familiar, Cue reservou 48.032 das ações, enquanto Schiller destinou 47.796 delas, seguindo a compensação da semana passada cuja venda rendeu ao executivo US$6,9 milhões (US$143,32 por cada ação).

Publicidade

E nós continuamos apenas sonhando com esses números…

[via AppleInsider]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Área do iCloud - Ajustes do iOS

Um pequeno bug no iOS 10.3 pode ter ativado recursos do iCloud que você não utiliza

Próximo Artigo
Macintosh LEGO funcionando

Fã cria réplica "funcional" do Macintosh em LEGO, usando uma tela e-ink e um Raspberry Pi

Posts Relacionados