O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Jay Z

Da noite pro dia, Jay Z retira toda a sua discografia do Apple Music [atualizado: voltou!]

O rapper Jay Z, da noite pro dia, resolveu retirar toda a sua discografia do Apple Music. E, aqui, vale uma explicação: não confunda Apple Music (serviço de streaming de músicas da Maçã) com iTunes Store (loja online pela qual podemos adquirir faixas individuais, álbuns completos, videoclipes e mais). As músicas do cantor ainda estão todas lá, disponíveis para quem quiser adquiri-las. Mas basta fazer uma simples busca por “Jay Z” no Apple Music para ver que o artista só é listado em faixas/álbuns em que faz algum tipo de participação (isto é, composições de outros artistas).

Publicidade

Como tudo ainda é bem recente, não se sabe ao certo o que motivou Shawn Corey Carter (nome real do rapper) a tomar esta decisão; o que se sabe é que ele é um dos donos do serviço musical TIDAL, concorrente do Apple Music. Como já rolaram diversos atritos entre TIDAL e Apple (acusações de ameaças com processo, de concorrência desleal, etc.), a primeira coisa que vem à cabeça seria uma possível retaliação de Jay Z. Mas aí vem a pergunta: por que apenas agora?

Olá! Nós podemos confirmar que algumas [músicas] do catálogo de Jay Z foram removidas a pedido do artista/LP.

O que pesa contra isso é o fato de muitas das músicas de Jay Z também estarem fora do Spotify (atualmente o maior serviço de streaming de músicas do mercado).

Publicidade

Outros artistas que possuem uma fatia do TIDAL (como Kanye West, Rihanna, Nicki Minaj, Daft Punk, Jack White, Madonna, Arcade Fire, Alicia Keys, Usher e Calvin Harris) continuam oferecendo seus trabalhos tanto no Apple Music quanto no Spotify; Beyoncé, esposa de Jay Z, idem (ainda que o videoclipe da faixa “Die With You” seja exclusividade do TIDAL).

Apple, Universal Music Group e Roc Nation (selo musical no qual Jay Z é cofundador) ainda não se manifestaram sobre o episódio.

Apesar das brigas entre TIDAL e Apple, rumores recentes falavam da possibilidade de a Maçã adquirir o serviço rival, algo que foi rapidamente negado por Jimmy Iovine (um dos chefões do Apple Music).

[via MacRumors]

Atualização · 10/04/2017 às 12:03

A discografia do rapper reapareceu hoje no Apple Music — com exceção dos álbuns “Reasonable Doubt” e “The Blueprint”, os quais já estavam indisponíveis anteriormente. No Spotify, porém, a ausência continua.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Esquete de Lady Gaga como funcionária da Apple Store no Saturday Night Live

Apple veiculará comerciais nos intervalos do "Saturday Night Live" — criados pela própria equipe do humorístico

Próximo Artigo
AirPods

Promoção: AirPods por R$999 à vista, só nesta madrugada!

Posts Relacionados