O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

iPad Pro de 10,5"

Chip A10X Fusion, dos iPads Pro, é o primeiro a utilizar o processo de 10 nanômetros da TSMC

Os novos iPads Pro, lançados na Worldwide Developers Conference (WWDC) 2017, vieram com poucas novidades na aparência; mas no interior…

Publicidade

O chip A10X Fusion, que equipa os novos tablets, foi anunciado como tendo uma performance 30% superior em CPU1 se comparado ao A9X; já em performance gráfica, a superioridade é de 40%. Dificilmente vemos informações da Apple sobre o processo de fabricação desse tipo de componente, mas o site TechInsights revelou que esse chip especificamente foi criado utilizando um processo FinFET de 10 nanômetros.

A feito de comparação, as gerações anteriores dos chips da Apple, como o A9 e o A10, utilizam o processo de 16 nanômetros; o A8, um processo de 20 nanômetros; e, o A7, um de 28 nanômetros. A cada nova geração, o processo avança a passos largos. Para o usuário final, essa redução no tamanho físico dos processadores (mais transistores em um espaço cada vez menor) significa uma performance ainda melhor com um consumo cada vez menor de energia — o que tem impacto direto na autonomia da bateria.

O site AnandTech lembrou que, normalmente, o lançamento de novos chips com um novo processo de fabricação chegam primeiro aos novos iPhones. Desta vez, entretanto, a Apple resolveu lançar a novidade em uma série de chips “X”, os quais equipam iPads — mais uma novidade que entra para esta nossa lista. Este seria, portanto, o primeiro chip comercial da Taiwan Semiconductor Manufacturing Company (TSMC) a utilizar o processo de 10nm.

A10X Fusion

Outro aspecto apontado pelo TechInsights foi o tamanho físico dos chips. O A10X Fusion tem 96,4mm², o que é 22,88% menor do que o A10 Fusion (125mm²) e 7,75% menor do que o A9 (104,5mm²). Em relação aos processadores da série “X”, o novo chip é 34% menor do que o A9X e 20% menor do que o A6X.

O novo chip possui um design muito parecido ao do A9X. Os núcleos da CPU foram de 2 para 3 e o cache L2, para 8MB; além disso, não parecem existir muitas diferenças estruturais entre as duas gerações. Os núcleos da GPU2 também se assemelham aos do A9X e do A10 — o que mostra que a empresa ainda não se livrou completamente da Imagination Technologies.

Já existem rumores de que o “iPhone 8”, o qual tem tudo para ser revelado daqui a cerca de dois meses, virá com a próxima geração dos chips, o A11, que também será fabricado em um processo de 10nm — e alguns apostam que a Imagination, aí sim, não estará mais na jogada.

via 9to5Mac

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Parque nacional dos Estados Unidos

Apple faz doações e cria desafio especial no Apple Watch em celebração aos parques nacionais dos Estados Unidos [atualizado]

Próximo Artigo
iTown no Natal Shopping

Saraiva inaugura hoje a sua primeira loja iTown em Natal (RN)

Posts Relacionados